Mestres “botequeiros” Alfredinho, do Bip Bip, e Narciso Rocha, do Jobi, ganham homenagem em festival carioca

Dois grandes personagens no circuito botequístico do Rio vão ganhar homenagem neste fim de semana (19 e 20/10), com a primeira edição do “BTC — Boteco, Tradição e Cultura”, no Parque das Figueiras, na Lagoa, com curadoria do butecólogo Guilherme Studart, que já esteve em mais de mil bares cariocas nos últimos cinco anos. Alfredinho, fundador…

O espetáculo “Isso Que Você Chama de Lugar”, de Daniel Herz, faz nova temporada no Teatro Ipanema, a partir deste sábado (19/10), até 11 de novembro, de sábado às segundas-feiras, sempre às 20h.

Neste sábado (19/10), Zazá Piereck, sócia do Zazá Bistrô, dá palestra no “Festival Raízes”, sobre chás e infusões detox, às 17h,  no Village Mall.

A Orquestra Ouro Preto desembarca no Rio para duas apresentações do espetáculo “O Pequeno Príncipe”, nos dias 22 e 23 de outubro, às 20h, no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon. 

Milton Nascimento ganha prêmio UBC: “A amizade e o amor são as maiores inspirações da minha criação”. Veja fotos!

“A amizade e o amor são as maiores inspirações da minha criação”. Com essa frase, Milton Nascimento, o Bituca, recebeu o prêmio UBC 2019 (União Brasileira dos Compositores) nessa terça (15/10), numa festa na Casa UBC, no Centro. No palco, o ator Thiago Lacerda, mestre de cerimônias, anunciou as atrações, que cantaram parte do repertório…

Paris, por Paulo Pereira

A partir desta quarta (16/10), acontece o projeto “Monumenta George V”. Durante todo o mês, 2 km da Avenida George V vão virar uma galeria de arte a céu aberto. Isso mesmo. São 63 obras: 52 esculturas e 11 fotografias. Entre os artistas, está o brasileiro Marcos Marin, além de Laurence Jenkell, Carole A. Feuerman…

Pelo olhar do psi, por Arnaldo Chuster: a humanidade na direção errada

O psicanalista francês Jaques Lacan, uma das principais referências autorais da psicanálise, “profeticamente” expôs que a consequência da decadência na cultura do que chamava de “imago paterna”, levaria ao triunfo da tecnologia como instrumento de um novo liberalismo sem pudores, despido de seus clássicos disfarces morais e ideológicos. Entendo que Lacan nomeava de “imago paterna”…