O “príncipe da Copa do Mundo” passa réveillon no Rio

O talento físico estava muito bem representado na festa de réveillon do Hotel Emiliano, na Avenida Atlântica, principalmente pelo jogador islandês Rúrik Gislason, eleito o “príncipe da Copa do Mundo da Rússia”, um plus para a entrada do ano. É ou não é? Gislason adorou tudo: do bufê do chef Damien Montecer às nossas superstições, mas para…