11/05/2018 - 19:40

Programe-se: agenda para o fim de semana

agendinha-8

Para muita gente, Dia das Mães é quase sinônimo de ver aquele parente que encontra, no máximo, duas vezes por ano. Se for assim com você, sugerimos presentear a homenageada com uma caixa de vinho (se é que você me entende…) – tudo para tornar o encontro mais agradável.

Claro que não poderia faltar uma sugestão aos amantes de arte, como nós: neste sábado (12/05), o Instituto Moreira Salles abre a mostra “Sergio Larrain: um retângulo na mão”, com trabalhos do fotógrafo chileno em suas diversas fases de produção. Na abertura, acontece uma visita guiada, aberta ao público, com Emmanuelle Hacoët, da AGência Magnum, e o curador Miguel Del Castilho. Já no domingo (13/05), a Zona Sul ganha mais um espaço de arte, desta vez, dentro do Jockey. A galeria Studio OM.art inaugura com a mostra “Rhodislandia”, criado em 1971, nos EUA, por Hélio Oiticica.  

E essas pessoas que aparecem em fotos publicadas com gente da Lava-Jato e fica pedindo pra deletar “porque aparece no Google e não é bom pra minha imagem”! Cê jura? Qual a melhor saída: descobrir que seu amigo era bandido, e você nem sabia? Vai visitá-lo ou finge que nem conhece e quer se liberar até das imagens do passado?

Aos que estão precisando extravasar a agressividade, que tal uma luta de UFC? Se você se animou, achando que quem vai bater é você, calma, rs! As lutadoras Nunes e Pennington disputam o cinturão da categoria peso-galo neste sábado, na Jeunesse Arena, na Barra. E, ainda, Vitor Belfort x Lyoto Machida, despedida do Belfort.

Sugestões de shows: nesta sexta-feira (11/05), o cantor Rubel lança seu segundo disco no palco no Circo Voador; também sexta, Daniel Boaventura lança seu DVD no Vivo Rio; neste sábado (12/05), a dupla britânica Erasure se apresenta no Vivo Rio, de novo; no domingo (13/05), é a vez da banda The Kooks, também no Vivo Rio.

Daqueles programinhas gratuitos que todo mundo adora: o cantor e compositor Cícero apresenta as músicas de seu disco “Cícero e Albatroz”, nesta sexta-feira (11/05), no Museu de Arte do Rio, na Praça Mauá; o espetáculo “Mundomudo”, sem diálogos, sobre dois palhaços abandonados por sua trupe, rola todo este fim de semana, às 19h, na Caixa Cultural, no Centro.  

Indo do inferno ao céu: sugerimos algumas aulas neste sábado (12/05), no Studio Yoga One, na Gávea. Mesmo aos que não praticam, o encontro é aberto e gratuito, das 9h30 e 13h. Mais informações pelo telefone (21)3624-7070. 

Pra você que ama uma carne, as churrascarias cariocas não andam tão cheias como no passado recente – é a merda da crise, claro. Uma delas, bem famosa, tem sempre aqueles homens cabelo-acaju-senado nos fins de semana. Pensando bem, melhor ir numa segunda ou numa terça.

O Theatro Municipal está com uma programação intensa (e imperdível) neste fim de semana: no sábado (12/05), às 16h, a Orchestre de La Suisse Romande leva ao palco do Rio a turnê em comemoração ao seu centenário. Dentre as maravilhas do espetáculo, regido pelo maestro britânico Jonathan Nott, o pianista argentino Nelson Goerner é um dos convidados. Nesta sexta-feira (11/05) e domingo (13/05), é a vez de o teatro receber uma das maiores dançarinas de flamenco da atualidade, María Pagés, com o espetáculo “Óyeme com los ojos”.

Carioca cinquentão, ex-rico-e-sempre-chique (com ou sem dinheiro, segundo ele, coisas independentes), comentava, em recente jantar, que anda tão duro, tão duro, que só vai à recém-inaugurada Casa Roberto Marinho (onde frequentou por muito tempo na era Lily) às quartas-feiras, pra economizar os R$ 10 da entrada. Que tal?  

Para algumas mães só um beijo e um abraço já tá ótimo, para outras, um presentinho é essencial. Mas não me venha alguma novidade para a casa – sua mãe não pinta as unhas com talheres, não se perfuma com ferro de passar e nem calça liquidificadores e sanduicheiras.

Ilustração: Edgar Moura


Enviado por: Lu Lacerda
11/05/2018 - 17:50

Concurso da Comlurb: qual o seu gari preferido?

paula-gari

“Dia do Gari”: Comlurb faz homenagem aos incansáveis garis cariocas, como Paula, que trabalha na Gávea, sempre bem-humorada /Foto: Lu Lacerda

A Comlurb encontrou uma forma de homenagear os garis cariocas. Na próxima quarta-feira (16/05), é comemorado o “Dia do Gari”, e a companhia vai lançar o “Fotografe o gari da sua rua”, para incentivar os moradores a conhecerem, aproximarem-se e valorizarem aquela pessoa que está ali diariamente na sua área, varrendo, podando ou coletando o lixo. Como a Paula, que trabalha na Praça Santos Dumont, na Gávea, atenta, alegre e bem-humorada: “Amo o meu trabalho”, diz ela. Para participar, basta tirar a foto e postar nas redes sociais, com a hashtag #fotografeogaridasuarua.


Enviado por: Lu Lacerda
11/05/2018 - 17:00

Bruce Dickinson: ingressos esgotados para palestra em SP

bruce_dickinson_afp-a

Bruce Dickinson: palestra em São Paulo sobre negócios com ingressos esgotados /Foto: AFP

Os ingressos para a palestra de Bruce Dickinson (a R$ 1.900) estão esgotados nos dias 14 e 15 de maio, durante o VTEX Day, o maior evento de varejo da América Latina, organizado pela VTEX, empresa global de comércio digital, no SP Expo. Para quem não conhece, o vocalista do Iron Maiden acumula várias funções: piloto, cervejeiro, roteirista, historiador, empresário e cantor de heavy metal. No evento, o britânico vai usar o microfone para outra função além de cantar os sucessos “Fear of the Dark” e “Tears of the Dragon” – fazer uma palestra sobre criatividade nos negócios, trabalho em equipe, planejamento e habilidade de enfrentar desafios. Outro nome que está com ingressos esgotados é Marc Randolph, cofundador do Netflix, um veterano no Vale do Silício, com mais de 40 anos de carreira.


Enviado por: Redação
11/05/2018 - 16:00

Vogue Brasil comemora 43 anos com almoço em SP

Para comemorar 43 anos, a Vogue Brasil reuniu alguns amigos na Cartel 011, um mix de loja, restaurante, salão, espaço para eventos, ou seja, tudo-num-só-lugar, em São Paulo, nessa quinta-feira (10/05), para um almoço animado. Silvia Rogar, editora da publicação, Daniela Falcão, diretora de redação, e Luciano Ribeiro, diretor da Globo Conde Nast, receberam os convidados numa tarde que também teve o lançamento da coleção inspirada em Seul, cidade da Coreia do Sul onde foi fotografada a edição comemorativa, que teve Alessandra Ambrósio na capa e em 40 páginas no recheio.


Enviado por: Redação
11/05/2018 - 14:30

Praça no Bairro Peixoto: novos brinquedos para a criançada

praca-edmundo-c

Praça Edmundo Bitencourt: Marcelo Maywald, superintendente da Zona Zul, acompanha as obras na praça do Bairro Peixoto, que vai ganhar novos brinquedos para a criançada /Foto: Reprodução

Começaram as obras de revitalização da Praça Edmundo Bitencourt, no Bairro Peixoto, em Copacabana, nesta sexta-feira (11/05), uma parceria da Prefeitura com o Projeto Erê Lab e apoio da Oásis (Associação de Moradores e Amigos do Bairro Peixoto), que vai instalar brinquedos novos no local para o parquinho das crianças. “Estamos fazendo as fundações para a instalação dos brinquedos, a pintura e revitalização da quadra Infantil e do mobiliário urbano. Também está programado reforço da iluminação, melhorias na área dos cães e manutenção dos aparelhos da academia da terceira idade”, diz Marcelo Maywald, superintendente da Zona Sul. O Bairro Peixoto é considerado por muitos, praticamente, um oásis em Copa, quase tão valorizado quanto a Av. Atlântica, rodeada por prédios de meados do século XX e o Morro dos Cabritos ao fundo.


Enviado por: Redação
11/05/2018 - 13:31

30 anos de Elle: estilistas, modelos e LPMs

lilian-pacce-e-isabelli-fontana_0218

alexandre-herchcovitch-e-susana-barbosa_0302-copia

colagem-sem-titulo

equipe-elle_0048-copia

Na primeira foto, Lilian Pacce e Isabelli Fontana; na segunda, Alexandre Herchcovitch e Susana Barbosa; na terceira, Cissa Rainha e Helo Rocha, seguidas de Lelê Saddi; na quarta, a equipe da Elle / Fotos: Lu Prezia

A revista Elle comemorou 30 anos, com festa no Factório, no Jardim Europa, em São Paulo, nessa quinta-feira (11/05). Isabelli Fontana (que corpo “desumano” é aquele?), capa da edição de aniversário, virou jornalista por um dia, digamos assim: gravou vídeos do evento em inglês, incluindo propaganda de seu próprio canal no Youtube. No mais, estilistas, modelos e, claro, LPM (Loucos Pela Mídia) de vários perfis. Veja algumas fotos.


Enviado por: Redação
11/05/2018 - 12:00

Mariana Lima estreia o espetáculo “CérebroCoração”

mariana-liam

renato-linahres-e-enrique-diaz

debora-bloch

maria-flor-e-emanuel-araujo

“CérebroCoração”: na primeira foto, Mariana Lima entre o cérebro e o coração; na segunda, Renato Linhares e Enrique Diaz batendo um papo descontraído no banheiro do camarim; na terceira, Débora Bloch; na quarta, Maria Flor e Emanuel Araújo /Fotos: AG.News

Mariana Lima estreou a peça “CérebroCoração”, com direção de Enrique Diaz, seu marido, e Renato Linhares, nessa quinta-feira (10/05), no Oi Futuro, no Flamengo. A atriz considera o seu primeiro texto teatral uma aula-performance, depois de sete anos de pesquisa sobre memória e neurociência, incluindo os sete volumes de “Em Busca do Tempo Perdido”, de Marcel Proust, para entender o funcionamento da mente depois de alguns acontecimentos pessoais marcantes – como a morte do irmão aos 10 anos, há 13 anos, e a depressão pós-parto com o nascimento da filha, Elena, em 2004 – e, consequentemente, o uso de antidepressivos. “Comecei a tomar remédios e a me interessar por esse desvio, essa falha no funcionamento da máquina, que é a nossa cabeça. Era como se eu estivesse sendo comandada pelo meu coração – como se ele estivesse na minha cabeça, um coração pulsante, machucado e sensível”, disse a atriz.

A intimidade com os diretores é tanta, que a atriz os chama de “meus dois maridos”, e, momentos antes de entrar no palco, eles continuam dando dicas de última hora. “Eles entraram no banheiro do camarim para me falar coisas, na maior parte do tempo quando estava fazendo xixi, mas eles ficavam ali, falando as mesmas coisas ou dando ideias diferentes, me deixando confusa, feliz, estimulada e meio doida”, escreveu ela nas redes sociais antes da estreia.


Enviado por: Redação
11/05/2018 - 11:11

“Cozinhar é o maior tesão, mas também é precisão, consistência, disciplina… esse equilíbrio é fundamental. Talvez tipo ‘sexo com amor'”.

 

De Felipe Bronze, sobre gastronomia.


Enviado por: Redação
11/05/2018 - 11:00

Teatro, por Claudia Chaves: “O Açougueiro”

arte-oficial-foto-lucas-emanuel

o-ac%cc%a7ougueiro-15-foto-lucas-emanuel

Feminicídio. Parece que ouvimos pela primeira vez, apesar de ter se tornado palavra diário em corrente nos jornais, no Facebook, em qualquer lugar em que se tenha notícia. O mau-trato contra a mulher no Brasil é uma constante – corrói a família, o trabalho, assassina o amor. O monólogo “O Açougueiro”, do ator pernambucano Alexandre Guimarães, na Laura Alvim, é um retrato fiel do em que se transforma um afeto doentio.

Alexandre Guimarães, dirigido por Samuel Santos, também autor, encarna o conjunto de personagens que dão vida à história de Antônio e sua mulher, Nicinha. Além disso, Alexandre inclui os fortes cantos da cultura popular do Nordeste, que servem para mais do que ambientar a história com cor local. Mostram o modo como essa cultura molda todo tipo de relação.

“Conheci um matadouro público, um matadouro informal. Foi fundamental, para mim, sentir cheiros, ouvir sons. Percebi uma coisa: mesmo o homem que mata o boi é extremamente respeitoso com o animal que vai abater. O espetáculo também fala disso. Antônio é abandonado por todos na cidade, menos pelo boi “, diz Alexandre.

Essa busca de um Teatro Físico e Antropológico, o espetáculo acaba por construir um manifesto de forma muito poética. O cenário e o figurino são imagens distorcidas de sangue seco, pisado. Algo que parece que já aconteceu, mas está ali à frente de nossos olhos. A matança mais cruel não é a física, é o assassinato da alma, do qual o sangue não para de jorrar. (Fotos: Lucas Emanuel)

Serviço:
Teatro Maison de France
Quintas às 19 horas

tarja-claudiachaves


Enviado por: Redação

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline