03/05/2018 - 20:00

Doleiro Dario Messer: praticante de ioga

dario-messer-e-rosane-messer-5182

Dario Messer: apontado pelos investigadores da Lava-Jato como “o doleiro dos doleiros” , Dario, é praticante de ioga há anos / Foto: Eny Miranda (arquivo Site Lu Lacerda)

Dario Messer, apontado pelos investigadores da Lava-Jato como “o doleiro dos doleiros”, alvo principal da operação “Câmbio, Desligo”, desta quinta-feira (03/05), pode contar com uma terapia, caso seja preso: a ioga. Messer é praticante há alguns anos; por um bom tempo, foi aluno assíduo do antigo Nirvana, na Gávea. Um dos ensinamentos da ioga, segundo Paramahansa Yogananda, o pai da prática no Ocidente, “é importante regular a ambição pessoal para que ela não entre em desacordo com os interesses da sociedade”.


Enviado por: Lu Lacerda
03/05/2018 - 19:20

Mães e filhos cruzam horóscopos em evento carioca

postar-chica-e-isabela-capeto

postar-maina-e-mia-mello

postar-zaza-piereck-marina-caruso-e-renata-reis

postar-patricia-mayer-e-flavia-borghi-a

“Zodíaco”: na primeira foto, Chica e Isabela Capeto; na segunda, Maína Mello e Miá Mello; na terceira, Zazá Piereck, Marina Caruso e Renata Reis; na quarta, Patricia Mayer e Flávia Borghi /Fotos: Renato Wrobel

Maína Mello, astróloga e jornalista carioca, apontada praticamente como a Susan Miller brasileira (aquela americana phoda), foi convidada para cruzar os mapas astrais de oito mulheres com seus filhos – mesmo sem eles estarem por ali, à exceção de Chica e Isabela Capeto. Até as céticas ficaram chocadas com a sinastria – a comparação entre os mapas através dos horóscopos. Todas se identificaram e ficaram emocionadas com o que leram. Algumas, no entanto, chamaram Maína para fazer outro tipo de previsão: as amorosas, a que todo mundo quer saber; diferentemente de filho, não é amor eterno. Foi uma ação da Swarovski, nesta quinta-feira (03/05), no café Jarbô, no Jardim Botânico. Aproveitando o Dia das Mães, a marca acaba de lançar a coleção “Zodíaco”.


Enviado por: Lu Lacerda
03/05/2018 - 18:30

Gatos X Jockey: “Já tive até ameaça de morte”, diz presidente

gatos-jockey

Gatos X Jockey: de um lado, associações reclamam do tratamento dado aos felinos, do outro, o presidente Luiz Alfredo Taunay afirma cuidar dos bichanos /Foto: Reprodução Facebook

Aconteceu, nessa quarta-feira (02/04), um novo capítulo gatos X Jockey Club. Voluntários da associação protetora dos animais Oito Vidas – que trabalham monitorando e cuidando de gatinhos em condomínios, clubes, escolas, praças e jardins – estiveram no local para dar ração e água aos animais, mas, segundo uma delas, Luiz Alfredo Taunay, presidente do Jockey, proibiu a ação: “Além de dar um piti ao ver a voluntária oferecendo o único alimento diário dos bichinhos, aos brados, ele acionou os seguranças para retirar toda a ração e água. Os protetores foram abordados de forma autoritária desrespeitosa e truculenta e proibidos de acessar a área da antiga vila residencial”, disse uma delas, no Facebook.

Ouvimos o Taunay: “Tinha uma senhora dando comida aos gatos em frente aos restaurantes. Falei que ali não podia, que existem os lugares específicos para isso. O que não pode é, em vez de virar reduto de cavalo, virar reduto de gato – razão de ter sido feito convênio com a Prefeitura para castrá-los, o que vem dando muito certo”. E completa: “Como o Jockey cuida muito bem dos gatos, jogam muitos até pelos muros. Ninguém trata tão bem esses bichanos do que nós – todo mês, são mais de R$ 30 mil investidos neles. Pago uma veterinária só para cuidar deles”. Afirma, ainda, que, na semana passada, a atriz Paula Burlamaqui, uma das defensoras dos gatinhos, que sempre acompanha de perto esse assunto, se disse muito satisfeita com o que viu. E finaliza: “Já tive até ameaça de morte por causa desses gatos.”


Enviado por: Lu Lacerda
03/05/2018 - 17:30

Praça Santos Dumont: achadas “armas” enterradas

armas-gavea

Objetos curiosos – e até muito perigosos – são encontrados enterrados em praça na Gávea /Foto: Amigo da coluna

A Praça Santos Dumont, na Gávea, está passando por uma limpeza e arrumação geral: foi recentemente adotada pela AmaGávea, no mesmo bairro. Daqui em diante, vão tentar manter a ordem; até os inúmeros mendigos que vivem ali (com varal de roupa, trempe para cozinha, “romancinhos” a qualquer hora) já diminuíram. Por suspeita de “armas” enterradas, foi feita uma busca e, entre o que foi achado, estão esses objetos curiosos da foto – que podem até não amedrontar logo de cara, assim no chão, mas nas mãos de alguém mal intencionado, podem causar um estrago e tanto.


Enviado por: Lu Lacerda
03/05/2018 - 16:30

Ernesto Neto: lançamento de projeto em estação ferroviária na Suíça

Frances Reynolds, colecionadora, presidente do Instituto Inclusartiz, que passa algum tempo da vida no Rio, abriu sua casa no Jardim Botânico para lançar o projeto “GaiaMotherTree”, do artista plástico Ernesto Neto, nessa quarta-feira (02/05) . O trabalho de 20 metros de altura vai ocupar a principal estação ferroviária de Zurique ligando o chão ao teto em tiras de algodão colorido com corantes naturais, cestos de palha, especiarias, terra, plantas e cascalho, com bancos e almofadas numa espécie de túnel para o público – tudo para levar o espírito da Floresta Amazônica à Suíça, com inauguração dia 29 de junho.

O coquetel foi arrecadar fundos para o projeto, uma vontade de Sam Keller, diretor da Fundação Beyeler, o museu mais visitado da Suíça. Segundo Keller, a estação é equivalente à Grand Central de Nova York e espera que “quase meio milhão de pessoas” passem pelo corredor diariamente. E nesta quinta-feira (03/05), acontece a segunda parte do lançamento, com o debate “Artist talks”, programa da Fundação Beyeler produzido na Escola de Artes Visuais (EAV) pelo Instituto Inclusartiz, no Parque Lage, com palestra de Sam, Neto e o curador de arte Paulo Herkenhoff – o evento é gratuito, mas a lotação já está esgotada. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Redação
03/05/2018 - 16:18

O Bossa Café, restaurante do 3º andar do Rio Othon Palace, oferece um almoço especial no Dia das Mães. No evento, música ao vivo e a vista do mar de Copacabana.


Enviado por: Redação
03/05/2018 - 15:00

Lulu Santos comemora 65 anos “como uma onda” de números

lulu-palco

Lulu Santos: cantor comemora 65 com números impressionantes no Ecad /Foto: Arquivo site Lu Lacerda

Lulu Santos completa 65 anos – e 45 de carreira – nesta sexta-feira (04/05). Entre os fatos diversos sobre o músico, uma curiosidade: ele ocupa a 17ª posição no ranking de autores com maior rendimento em direitos autorais em shows de 2017 pelo Ecad. Além disso, os versos de “Apenas mais uma de amor” são os preferidos de outros cantores – é a mais gravada do compositor com 69 versões diferentes cadastradas no Ecad. E claro, Lulu vai comemorar a semana do aniversário em cima do palco – a turnê “Canta Lulu”, que teve ingressos esgotados no início de abril no Rio, chega ao Espaço das Américas, em São Paulo, neste sábado (05/05). A turnê vai passar por mais de 20 cidades brasileiras.


Enviado por: Redação
03/05/2018 - 14:33

A chef Telma Shiraishi do restaurante Aizomê (SP), consagrada na gastronomia japonesa, virá ao Sushi Leblon para preparar jantares nos dias 9 e 10 de maio.


Enviado por: Redação
03/05/2018 - 12:21

Teatro projetado por Oscar Niemeyer reabre depois de 18 anos

lucio-mauro-filho-aniela-jordan-e-edwin-louise

musical-4

musical-7

Na primeira foto, Lucio Mauro Filho, Aniela Jordan e Edwin Louise; na segunda, os cantores Claudio Lins e Andrea Marquee; na terceira, as bailarinas e cantoras do musical / Fotos: Felipe Panfili

“O Musical da Bossa Nova” teve sessão especial para convidados, nessa quarta-feira (02/05), por um bom motivo: a reabertura do Teatro Adolpho Bloch, antigo Teatro Manchete, no prédio tombado e projetado por Oscar Niemeyer na década de 70, na Glória. Fechado há 18 anos, vai ficar aberto por pelo menos mais uma década, pelo acordo de arrendamento feito entre a Aventura Entretenimento – dos sócios Aniela Jordan, Fernando Campos, Luiz Calainho e Patrícia Telles – e os atuais donos do prédio.

A reabertura do espaço de 350 lugares pode dar um pequeno ânimo aos cariocas, pelo menos na cultura, já que alguns teatros estão fechados – como o Villa-Lobos. O espetáculo também marca os 60 anos da bossa nova, com direção de Sérgio Módena, direção musical de Délia Fischer e elenco Cláudio Lins, Marcelo Várzea, Nicola Lama, Stephanie Serrat, Jullie, Andrea Marquee, Ariane Souza, Eduarda Fadini, Juliana Marins e Tadeu Freitas.


Enviado por: Redação
03/05/2018 - 12:05

Na próxima quarta-feira (09/05), às 19h, será aberta a exposição “Sobrevida”, na galeria Mercedes Viegas.


Enviado por: Redação
Página 1 de 212

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline