07/04/2018 - 14:30

Lulu Santos: show “catártico” no Vivo Rio

lulu-palco

empresario-mauricio-saade-lul-santos-e-carol-sampaio-a

pretinho-da-serrinha-e-lulu

“Canta Lulu”: na primeira foto, o músico emocionado no palco; na segunda, o empresário Mauricio Saade, Lulu e a promoter Carol Sampaio; na terceira, Pretinho da Serrinha e Lulu /Fotos: Leo Aversa e Divulgação

Com ingressos esgotados, Lulu Santos voltou aos palcos cariocas nessa sexta-feira (06/04), no Vivo Rio, com a turnê “Canta Lulu”, o primeiro show que ainda vai passar por mais de 20 cidades brasileiras na primeira etapa das comemorações de 45 anos de carreira. Já na entrada, vários cambistas anunciavam ingressos a R$ 200 – oficialmente eram vendidos a partir de R$ 125 – dando o tom do que seria a noite. Com um público eclético, desde os contemporâneos do cantor até a galera bem jovem, todos começaram sentadinhos em suas mesas, comportados, acompanhando os sucessos mais tranquilos do músico. Mais para o fim do show, quando ele começa a tocar os acordes dos hits mais energéticos, como “Toda Forma de Amor”, “Como uma Onda” e “Tempos Modernos”, o povo pulou na frente do palco, como numa grande festa – pontuada pela cenografia cheia de movimento e luzes coloridas de Karen Araújo.

O camarote da Fred Perry (de Maurício Saade) bombou – com lista de Carol Sampaio. Foi difícil segurar tanta energia, mas pensando nisso, a produção também montou um espaço para a turma animada com DJ tocando músicas das décadas de 80 e 90. As redes sociais amanheceram repletas de fotos, vídeos e comentários sobre a noite anterior: “Uma mistura de alegria, emoção e muito swing”, disse um seguidor; “Que noite linda, cheia de energia e amor, uma verdadeira catarse! Viva a música, viva a arte, viva Lulu!”, escreveu outro. Quanto ao artista, poucas e assertivas palavras foram o bastante: “O Rio continua sendo. Do fundo do meu peito, muito obrigado”, escreveu ele. Para o show deste sábado (07/04), os ingressos estão praticamente esgotados, com apenas 1% disponível nos sites de venda até o momento.


Enviado por: Redação
07/04/2018 - 13:30

“Estúpido Cupido”: estreia de nova temporada no Rio

[nggallery id=8594]

O musical “Estúpido Cupido”, de Flávio Marinho com direção de Gilberto Gawronski, estreou nova temporada nessa sexta-feira (06/04), no Teatro Vanucci, no shopping da Gávea. Não é novidade para os cariocas – o espetáculo já foi assistido por mais de 50 mil pessoas em 15 meses em cartaz, com 150 apresentações no Rio, São Paulo e outras cidades -, mas o tema leve faz muito sucesso. No palco, Françoise Forton interpreta Tetê na peça inspirada na novela global exibida em 1976, mas nos dias atuais, ao lado de 11 atores e três músicos que tocam sucessos como “Banho de Lua”, “Broto Legal” e “I’ve Got You under my Skin”. “É um privilégio poder estar em cena nesse período difícil e conturbado, principalmente na nossa Cidade Maravilhosa. É incrível oferecer momentos de alegria, música e humor para o público”, diz Françoise, que comemora 52 anos de carreira com 42 novelas, oito filmes e 45 peças de teatro no currículo. No fim, o teatro virou uma grande festa, com os atores indo até à plateia e dançando juntos – o que antes não estava no roteiro, mas atualmente é o momento mais esperado.


Enviado por: Redação
07/04/2018 - 12:00

Maitê Proença estreia “A mulher de Bath” no Rio

[nggallery id=8593]

Maitê Proença estreou “A mulher de Bath”, peça dirigida por Amir Haddad, nessa sexta-feira (06/04), no Teatro XP, no Jockey. O texto do britânico Geoffrey Chaucer, traduzido para o português por José Francisco Botelho, tem mais de 630 anos. No palco, a atriz dialoga com o público sobre questões pertinentes até hoje ao universo feminino através do humor e do “sincericídio”, uma das características de Maitê. O espetáculo chega ao Rio depois de duas temporadas de sucesso em São Paulo, além dos aplausos em Goiânia, Brasília, Belém e Belo Horizonte – a “turnê” é por uma boa razão : comemora os 40 anos de carreira e 60 anos de Maitê, além dos 80 anos de Haddad.

Na trama, uma mulher à beira de uma estrada em plena Inglaterra Medieval, experiente, bem humorada e de franqueza desconcertante conta sua história: seus cinco maridos – ela está em busca do sexto – e a vida sexual, suas paixões, seus rancores e o conhecimentos dos homens.”É um texto de interesse universal. Uma mulher que ama a vida, a alegria, o riso, o sexo, os homens, a diversão. Nela, o sagrado e o profano convivem perfeitamente. Ele foi surpreendente em sua época, e continua a surpreender agora”, diz Maitê. Um dos momentos em que o público cai na gargalhada é quando a personagem explica detalhadamente que os órgãos genitais servem tanto para serviços purgatórios como para a diversão e que o “orifício” dela está à disposição do bom uso.

Confira nas fotos quem passou por lá!


Enviado por: Redação
07/04/2018 - 09:03

O espetáculo “Obscena, um encontro com Hilda Hilst”, com direção e dramaturgia da pernambucana Luciana Lyra, estreia na próxima sexta-feira  (13/04), no Teatro de Arena da CAIXA Cultural Rio.


Enviado por: Redação
07/04/2018 - 08:59

O Municipal recebe, na próxima quinta-feira (12/04), o cantor uruguaio Jorge Drexler, com seu novo repertório “Salvavidas de hielo”.


Enviado por: Redação
07/04/2018 - 08:57

Em sua quarta exposição no Rio, o artista sueco Ulf Lindell mostra a partir do dia 11 de abril, no Centro de Arte Maria Teresa Vieira, os últimos dez anos de sua produção artística. Ele selecionou para a mostra 12 trabalhos, incluindo alguns produzidos em técnica mista sobre alumínio e pintura sobre tela.


Enviado por: Redação
07/04/2018 - 08:54

O Botequim, em Botafogo, convida para a primeira edição do “Botequim Convida”, no dia 12 de abril, às 20h, a comando da chef Flávia Quaresma (primeira participante do projeto).


Enviado por: Redação