11/01/2012 - 10:49

Balanço: 1º dia de Fashion Rio!

Foto de:

Por Rinaldo Zirrah

Se o nosso verão, apresentado na última edição do Fashion Rio, teve lá suas peças “invernosas”, podemos dizer que o nosso inverno terá suas peças de “veraneio”. Talvez  por conta desta loucura do clima hoje em dia, podemos apostar num equilíbrio entre os dois extremos. Duvida?

Bom, começando pelo comprimento das peças: vestidinhos, shorts, calças com barras viradas…Os tecidos estão mais leves! Tudo muito fluido, mas, claro, os trench coat apareceram, mas com uma ou outra modificação na modelagem. No quesito “brilho”, saem os paetês – finalmente! – e entram os metalizados. Os tecidos já brilhosos, como cetim de seda, também marcam presença. A cartela de cores é mais discreta, com tons terrosos e um ou outro detalhe mais forte.

A Cantão tentou se aventurar em looks brancos totais, repetindo uma tendência de verão. A Acquastudio deu um certo déjà-vu nas cores do filme “Maria Antonieta”, de Sofia Coppola. Nas estampas, as gráficas, orientais e abstratas – com um “quê” tropical, em alguns casos – fazem do nosso primeiro dia o inverno aparecer mais “divertido” e menos “careta”, sabe? Na galeria, os looks mais bacanas!


Enviado por: Redação
10/01/2012 - 22:05

Alessa: estampas, tapetes…ai, que loucura!

Foto de:

Por Rinaldo Zirrah

Podemos confessar que o dia de desfile da Alessa acaba sendo um dos mais esperados. Talvez não só pelo talento criativo e por vezes lisérgico de Alessandra Migani – diretora criativa da marca – mas também por sua desenvoltura única e tão divertida ao fechar sua apresentação. Então, como tudo é meio por aí, vamos começar ao contrário, ok?

Pelo fim, o mais novo trabalho de Gal Costa, a faixa “Miami Maculelê”, no seu batidão funk, carioca, entoava os aplausos. E Alessa mereceu: com estampas bacanas, inspiradas em tapetes persas, cheias de orientalismos, toques de vermelho, laranja, marrom, bem “saturados”, em tecidos – tricôs, algodão, crepes de seda e jacquards – que denotavam uma fluidez gostosa de ver. Muita moulage (técnica onde se cria no manequim/corpo a roupa), e texturas. Mas o melhor, realmente, foi o mix que isso tudo deu, dando uma bossa, que é a cara de Alessa.
Obs1: em tempos de crise,  na moda, onde uns entram e outros saem, ver a alegria da estilista dá um “up” daqueles no nosso dia.


Enviado por: Redação