09/11/2017 - 12:00

Paula Lavigne reúne artistas para o “Natal sem Fome”

"Natal sem Fome": Caetano Veloso, Nelson Sargento e Alinne Moraes /Foto: Mídia Ninja

natal-debora-bloch-mria-ribeiro-e-lavinia

natal-cae-e-dani

Na primeira foto, Caetano Veloso, Nelson Sargento e Alinne Moraes ; na segunda, Debora Bloch, Maria Ribeiro e Lavínia Vlasak; na terceira, Caetano e Daniela Mercury / Fotos: Mídia Ninja

A casa da produtora Paula Lavigne, em Ipanema, se transformou, na noite dessa quarta-feira (08/11), num estúdio em benefício à campanha “Natal sem Fome”, parceria com a Representação da UNESCO no Brasil, FAO e Agência Africa. Passaram por lá mais de 50 artistas, incluindo, claro, Caetano VelosoDébora Bloch, Marcelo Serrado, Maitê Proença, Leona Cavalli, Maria Ribeiro, Daniela Mercury, Nelson Sargento, Mart’nália, entre tantos.

Eles gravaram vídeos de apoio à campanha e fizeram a tradicional foto com o prato vazio. A atriz e poetisa Elisa Lucinda, amiga de Betinho, recitou o poema “Apetite sem Esperança”, feito há 25 anos. O encontro entre Nelson Sargento e Caetano Veloso rendeu uma “cantada ao pé do ouvido”: Sargento cantarolou “Falso Moralista”. Em seguida, a dupla tirou uma foto com Alinne Moraes. A noite terminou com a composição do samba “Natal sem Fome” feito especialmente para a campanha por Xande de Pilares e Mosquito, e cantado por eles além de Elisa Lucinda e Teresa Cristina.

https://www.instagram.com/p/BbN7H0egV5K/


Enviado por: Redação
24/10/2017 - 12:30

“Fora Temer”: cariocas se unem em ato a favor da denúncia

"Candelária Inaceitável": cariocas vão se unir para protestar

“Candelária Inaceitável”: cariocas vão se unir para protestar no Rio. Evento tem apoio do 342 artes

Os cariocas começaram a receber, nessa segunda-feira (23/10), uma convocação de artistas, entidades de classe e partidos via Whatsapp: “Candelária Inaceitável”, que vai acontecer nesta terça-feira (24/10), a partir das 18h, na Candelária, na véspera da votação da segunda denúncia contra Michel Temer na Câmara. O evento tem o apoio do grupo 342 Artes (ou #342artes). Alguns artistas divulgaram vídeos na Internet como Michel Mellamed, Elisa Lucinda e Alinne Moraes. Caetano Veloso não deve comparecer ao evento por ter compromissos pessoais. No local estão previstas várias atividades, apresentações artísticas, oficinas de estamparia, entre outras.

Em tempo: o Supremo Tribunal Federal suspendeu, nesta teça-feira (24/10), os efeitos de portaria do Ministério do Trabalho com novas regras de fiscalização do trabalho análogo à escravidão. A portaria estava sendo usada por Temer para conseguir votos da bancada ruralista na Câmara para se livrar da denúncia de formação de quadrilha e obstrução da justiça.

Confira o vídeo de Alinne Moraes, divulgado pela página da Mídia Ninja:

 


Enviado por: Redação
16/10/2017 - 19:55

“Isso é uma manipulação da direita”, diz Caetano sobre censura

caetano-e-claudio

caetano-midia-ninja-aa

Caetano Veloso: o artista, ao lado de Claudio Prado, no debate “Verdades Tropicais e Delírios Utópicos”. Nesta foto, a plateia, praticamente hipnotizada /Foto: Mídia Ninja

Caetano Veloso lotou a sala de palestras da nova sede da Mídia Ninja (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação) em São Paulo, nesta segunda-feira (16/10). O cantor foi o centro do encontro, com o relançamento do livro “Verdade Tropical”, seguido do debate “Verdades Tropicais – Delírios Utópicos”, ao lado do produtor cultural Claudio Prado, mediado por Antônia Pellegrino e Thalma de Freitas. O bate-papo foi transmitido ao vivo no canal da Mídia pelo Facebook e, entre os assuntos, a censura, como exemplo, a performance em que o artista Wagner Schwartz sem roupas, interage com os espectadores, incluindo uma criança entre 4 e 6 anos de idade, se tornando o ‘assunto do momento’.

“Depois disso, muita gente inocente pode estar desconfiada dos artistas, o que é uma coisa velha nessa sociedade atrasada. Quando eu era criança em Santo Amaro, os artistas mereciam pouca confiança moral, o que continua acontecendo”, disse Caetano. “Não há evidencia de pedofilia naquela performance. Isso é uma manipulação da direita conservadora para fazer parecer que é um crime, para assustar o cidadão comum. Tem um grupo que está ganhando dinheiro de gente que quer manter a desigualdade da qual a economia brasileira tem dependido desde que o mundo é mundo”, continuou o compositor.

Em meia hora de conversa, Caetano interrompeu o evento para se despedir da plateia, que ficou desolada com sua partida. “Tenho que ir para o Rio. Vou fazer show com os meus filhos amanhã”, explicou, mas antes, fez questão de pontuar sua participação com uma frase muito ‘caetanesca’: “Resumindo nossa verdade tropical, eu apenas quero dizer que o que vem acontecendo comigo e pode acontecer com muita gente é que eu enfrentei a desilusão do socialismo real e agora precisamos enfrentar a desilusão do liberalismo real”.


Enviado por: Redação
10/10/2017 - 17:30

Show Caetano Moreno Zeca Tom Veloso volta ao Rio em dezembro

caetano-veloso-moreno-veloso-tom-veloso-e-zeca-veloso-em-foto-de-divulgacao-de-jorge-bispo

Boa notícia para os fãs de Caetano Veloso: o show acústico “Caetano Moreno Zeca Tom Veloso”, com seus três filhos músicos e compositores, voltará ao Rio no terceiro fim de semana de dezembro, no Circo Voador. As apresentações, atualmente em cartaz no Teatro Net Rio, começaram dia 3 de outubro e vão até dia 25 (às terças e quartas-feiras), mas com ingressos esgotados.

Sucesso unânime de público e crítica, o show será gravado em CD e DVD, não durante a temporada carioca, mas provavelmente em São Paulo, em outra ocasião. Pai e filhos também têm datas confirmadas em Belo Horizonte e São Paulo. Formado por canções de Caetano escolhidas pelos filhos, além de composições dos quatro (algumas inéditas), o espetáculo é definido por Caetano — em texto distribuído à imprensa — como “um show familiar, nascido da minha vontade de ser feliz”.


Enviado por: Redação