Calor e álcool: os motivos pelos atendimentos médicos  na Sapucaí /Foto: Divulgação

Calor e álcool: os motivos pelos atendimentos médicos na Sapucaí /Foto: Divulgação

O calor e o álcool foram os grandes culpados dos 1.878 atendimentos médicos no Sambódromo durante os cinco dias de carnaval – incluindo das escolas mirins dessa terça-feira (13/02). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que instalou sete postos de atendimento, a maioria dos casos foi por mal estar devido ao calor ou consumo exagerado de bebidas alcoólicas ou outras drogas, sinais de desidratação, picos de hipertensão, torções e pequenos traumas. O número em 2017 foi um pouco menor, 1.687.

Share
Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.