colagem-sem-titulo-3

Caviar: a iguaria que todos amam, mas que anda sumida da vida social carioca. Será pela crise? / Fotos: Lu Lacerda

Alguém tem notícias do caviar na vida social carioca? Cadê? Onde anda? Anda desaparecido pela crise? Uma das mais caras iguarias do mundo, para se esbaldar, só era vista em todas as festas de Lily e Roberto Marinho, no Cosme Velho, segundo uma amiga contemporânea do casal: “Na casa da Lily, sempre vieram nas bandejas servidos como canapé, pra todo mundo se fartar”, diz ela. “Era também muito presente na casa de Regina e Paulo Fernando Marcondes Ferraz, tipo duas latas de dois quilos cada uma, em cima da mesa. Tirando esses, nunca vejo, afirma”.

Na verdade, entre as gerações mais jovens, aparece vez por outra, aqui ou acolá, mas timidamente, se é que vocês me entendem – o que, digamos, está longe de ser o ideal porque tem coisas que, ou chega ao ponto de sair pelas orelhas, ou…. Melhor esquecer, comer economizando não dá, porque nem sempre as pessoas estão de dieta – hahaha! Se é para ser econômico, que tal servir logo uma maravilhosa feijoada, com muito caldinho de feijão antes? Bom pra todo mundo, até pra receber estrangeiro, e o mais barato que há. É ou não é? Sem falar que a cor é praticamente igual….

Share
Enviado por: Lu Lacerda

Os comentários estão fechados.