Noite de poesia em Ipanema

30/11/2017 - 15:00

dsc_8708-claufe-rodrigues-carlos-eduardo-e-antonio-cicero-novembro-2017-foto-cg

dsc_8955-cathy-e-seu-pai-george-israel-novembro-2017-foto-cg

colagem-sem-titulo

Na primeira foto, Claufe Rodrigues, Carlos Cardoso e Antônio Cícero; na segunda, George Israel com a filha Cathy; nesta, Marcus Vinícius e Carlos Cardoso, seguidos de Salgado Maranhão e Monica Montone / Fotos: Cristina Granato

A noite dessa quarta-feira (29/11) foi de poesia na Livraria da Travessa de Ipanema. O autor Carlos Cardoso recebeu amigos e convidados para uma noite de autógrafos do livro “Na pureza do Sacrilégio” (Ateliê Editorial), que traz contribuições de Antônio Cicero e do crítico Silviano Santiago. Ambos aproveitaram para fazer um bate-papo no evento, falando sobre poemas. No mais, muitos “parabéns” aqui, outros ali, e o que deixou todos ainda mais ansiosos para ler o livro: a primeira poesia que Carlos leu na vida foi “Guardar”, de Antônio Cícero. O autor comentou sobre a satisfação pessoal de fazer uma homenagem a quem o fez se apaixonar pelo gênero – na montagem, o texto “Ventania” presta um agradecimento ao poeta.

Share
Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.