Nélida Piñon entre Cristina Oldemburg e Antonio Torres – noite de autógrafos em biblioteca popular

Nélida Piñon entre Cristina Oldemburg e Antonio Torres – noite de autógrafos em biblioteca popular. Foto: Marco Rodrigues

Nélida Piñon, imortal da Academia Brasileira de Letras, prendeu a atenção de uma turma grande em plena véspera de feriado na Biblioteca Estação Leitura, na estação Central do Metrô Rio, nessa quarta-feira (11/10), para a 13ª edição do Encontro com Territórios. O bate-papo, mediado pelo jornalista Christovam de Chevalier, foi sobre o “Livro das Horas”, um misto de memória, autobiografia e ensaio em que o leitor, por exemplo, conhece detalhes de sua amizade de quase duas décadas com nomes estelares da literatura brasileira, como Clarice Lispector. Logo depois, formou-se uma fila empolgada para receber o autógrafo em 80 livros distribuídos gratuitamente – um presente!

Logo ao lado da biblioteca popular, na galeria Arte e Literatura, os fãs de Nélida ainda puderam apreciar a exposição “Nélida Piñon a imaginação, a emoção e a palavra”, composta por fragmentos literários do livro e 12 imagens feitas em Holambra, a Cidade das Flores, através das lentes de Cristina Oldemburg, diretora do projeto. “Sempre quis homenagear esta mulher incrível com um projeto de imagens que refletisse a admiração que sinto por ela. A missão da nossa biblioteca é promover a leitura através de vivências artísticas que aproximem o leitor da obra literária, formar novos leitores e plateia para debate e criar pensamento crítico sobre questões que fazem parte do nosso cotidiano”, conta Cristina.

Share
Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.