Foto de:

Parecia que Jim Morrison havia baixado no palco do Teatro Leblon, com toda a sua intensidade. É o efeito esperado quando um ator se encaixa perfeitamente num papel: Eriberto Leão foi aplaudido de pé na estreia do musical “JIM”, na noite dessa terça-feira (09/07).

Como fã de Morrison e da banda The Doors, Eriberto ficou muito à vontade para trazer de volta o cantor, poeta e compositor, no espetáculo montado exatos 42 anos depois da morte prematura desse ícone do rock, em Paris.

Não é um musical biográfico; a produção prefere defini-lo como um “espetáculo-show”, combinando música, inquietação, poesia, caos, simbologia e teatro. O projeto foi idealizado por Eriberto, que divide o palco com Renata Guida e três músicos.

Eriberto canta 10 músicas do The Doors, como “Light my fire” e “The End” – e é ao vivo, sem playback. “O Jim era, acima de tudo, um poeta. O rock chegou pra ele através da poesia e do cinema; então, o grande objetivo da peça é ser coerente com a obra poética do Jim Morrison”, diz o ator.

“JIM” fica em cartaz até 25/08. A estreia atraiu até quem não se identifica tanto assim com a obra de Morrison, mas ficou curioso para conhecer mais essa faceta do artista Eriberto. Todos aprovaram. Veja as fotos na Galeria.

Enviado por: Redação

Os comentários estão fechados.