carmem

Carmem Mayrink Veiga: o maior símbolo da elegância brasileira morreu no Rio, neste domingo (03/11) / Foto: Fred Pontes

O maior símbolo social do Brasil, Carmem Mayrink Veiga, morreu no fim da tarde deste domingo (03/12), dormindo, em casa, na Avenida Rui Barbosa, no Flamengo. Carmem esteve recentemente internada no Hospital Samaritano, de onde saiu bem (dentro das possibilidades), até pelos resultados dos exames.

Aquela que já foi considerada a mulher mais elegante do País por décadas e décadas, sofria há alguns anos de paraplexia tropical, doença que limitava, principalmente, os movimentos das pernas. Isso mudou a vida de Carmem, mas não comprometeu sua vaidade, sua agenda, sua informação – continuou sabendo e, muitas vezes, participando de muitos dos acontecimentos na cidade, sempre mantendo com carinho os inúmeros amigos. Sua presença num evento significava muito: era como um atestado de classe, prestígio e chiqueria. Jamais parecia antiquada, já que eram as situações a se adaptar a ela, nunca o oposto – sempre com muita altivez, sobre o seu pescoço longo. Ao que se sabe, nunca deixou rastro de decepção entre a imaginação e a realidade daqueles que tinham expectativas com ela.

Numa entrevista aqui no site em 2015, ao ser perguntada do que tinha medo, ela respondeu: “Todos têm medo da morte. Eu nunca tive, afinal todos vamos morrer mesmo: você, eu, meus filhos, meus gatos. Nem de cobra, que acho um dos bichos mais lindos do mundo”. Em outro momento, no mesmo ano, comentou: “Já está bom para eu morrer, já vivi muito e bem”. Mas, claro, era também para ter uma opinião, uma palavra, uma saída sobre qualquer assunto. A morte do marido, Tony Mayrink Veiga, em junho do ano passado, foi um baque em sua vida – já tão vulnerável! Ainda assim, em muitas ocasiões, manteve a força e o humor, quase tão intactos como quando dava jantares em castelos na Europa.

Sua filha, Antonia Frering, está em viagem pelos Estados Unidos, chegando ao Rio nesta segunda-feira (04/11) – ainda não se sabe sobre data e local de velório e enterro. Mais notícias aqui, ao longo da semana – neste momento de luto da sociedade carioca. Carmem deixa dois filhos, cinco netos e dois bisnetos.

Share
Enviado por: Lu Lacerda

14 comentários para "Luto: morre Carmem Mayrink Veiga – maior símbolo da elegância do Brasil"

  1. 04/12/2017 - 00:57 Enviado por: ulisses

    Tô triste Com ela se foi o que restava de *elegance sens decadente*só Sad!!! Vai na luz ou melhor.Vai no Holofote

  2. 04/12/2017 - 01:01 Enviado por: ulisses

    Tou triste com a subida da Carmen o Rio perdeu a *Elegance Sens decadence*Vai na luz , ou melhor no Holofote#bravecarmen#ladymayrink#carmengracinha

  3. 04/12/2017 - 01:07 Enviado por: Kiki Garavaglua

    Estou fora do Brasil e deixo aqui um beijo muito carinhoso à toda a familua da Carmem…Me surpreendeu, Carmem, parecia eterna..aliás, a sociedade brasileira, jamais irá esquecer esta grande mulher!

  4. 04/12/2017 - 13:31 Enviado por: Maria das Graças de Oliveira

    O Brasil está de luto, Carmen Therezinha Soubiati Mayrink Veiga, uma estrela que brilhou na terra e agora brilhantemente no céu. Vai em paz, minha querida

  5. 04/12/2017 - 14:34 Enviado por: Elson

    Sempre amei o Rio de Janeiro e suas celebridades verdadeiras como será sempre a eterna Carmem. Colocava o Rio no pedestal. A cidade com ela tinha vida e se tornava sempre internacional. Ela foi uma festa. Obrigado Deus de te receba com toda glória Nunca te invejei mas sempre te admirei.

  6. 04/12/2017 - 14:34 Enviado por: Elson

    Sempre amei o Rio de Janeiro e suas celebridades verdadeiras como será sempre a eterna Carmem. Colocava o Rio no pedestal. A cidade com ela tinha vida e se tornava sempre internacional. Ela foi uma festa. Obrigado Deus de te receba com toda glória.

  7. 04/12/2017 - 14:46 Enviado por: wilian

    Nãooooo !!! jura ???? Meu DEUS !!!!

  8. 04/12/2017 - 14:51 Enviado por: DORIVAL C MARTINS

    Linda mulher elegante , inteligente uma boa representante do Brasil , fez a sua parte vendeu em a nossa imagem de mulher brasileira aos 4 cantos da terra , que bom seria se as mulheres podesem se espelhar em seu jeito altivo , elegante , e acima de tudo belo gramoroso , mulheres sejam lindas por dentro e por fora parabens por ter sido tão linda criatura sobre um Pais carente de coisas belas . foi professora , exemplo de sofisticação e gramuor linda linda linda linda linda linda linda

  9. 04/12/2017 - 15:28 Enviado por: Sandra Iturbide

    Sempre achei ela muito elegante , sempre li sobre a Carmen , se foi para outro plano que Deus o tenha………..

  10. 04/12/2017 - 15:54 Enviado por: Isaac Brito

    Ela nunca perdeu a majestade.

  11. 04/12/2017 - 15:59 Enviado por: Clô

    Que descanse em paz!!
    Ela devia estar muito triste de ver o lixo que se tornou o RJ!
    Lixo a cidade, seus políticos e parte do seu povo!!

  12. 04/12/2017 - 17:57 Enviado por: Helio Borges de Abreu Filho

    Esta senhora representou otimamente bem a mulher brasileira, dona da rádio MARINKY VEIGA
    a qual o golpe militar fechou, só resta as minhas condolencias a esta guerreira que deus a rece-
    ba na eternidade, paz, amem

  13. 04/12/2017 - 23:48 Enviado por: Joceir

    Dona Cármen fazia parte de um grupo que era a realeza do País. Pessoas que usavam longo de alta costura e smoking com a naturalidade de quem veste uma camiseta.Meus sentimentos a Antônia e família.

  14. 17/12/2017 - 17:52 Enviado por: manoel

    Até na morte, Carmem Mayrink Veiga foi elegante e extremamente discreta.
    Contudo, entrar para a história, tornando-se assim imortal.
    De certo sempre será lembrada como uma das mais relevantes figuras femininas da história brasileira, por sua elegância, bom gosto, irreverência, personalidade cativante e acima de tudo, por promover a nível internacional, a nossa cultura brasileira.
    Descanse em paz, grande dama da mais alta sociedade brasileira.