Lucio Salvatore: artista plástico italiano abre a exposição “Metaelementi” (Metaelementos, em português) no MAM /Foto: Reprodução

Lucio Salvatore: artista plástico italiano abre a exposição “Metaelementi” (Metaelementos, em português) no MAM /Foto: Reprodução

O artista italiano Lucio Salvatore inaugura, neste sábado (09/12), no Museu de Arte Modern, a exposição “Metaelementi” (Meta elementos, em português), com curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes, curadores do MAM Rio, com obras que se relacionam com elementos da natureza. Entre os trabalhos, todos inéditos, está uma série feita a partir de incêndios criminosos que devastaram o sul da Itália no verão de 2004, na região em que Lucio tem seu ateliê, e que chocaram o artista. Salvatore vive e trabalha entre a pequena cidade italiana de Sant’Elia Fiumerapido e o Rio, onde esteve pela primeira vez em 1999, quando conheceu a Escola de Artes Visuais do Parque Lage; daí, então, decidiu estudar e morar um tempo na cidade carioca.

Dois meses depois, no réveillon seguinte, em 1º de janeiro, conheceu sua mulher, Constança Basto, o que fez crescer seu amor pelo Brasil. “Metaelementi”, a primeira exposição do artista no MAM Rio, ficará em cartaz até 25 de fevereiro de 2018, com instalações, vídeos, fotografias e pinturas. Lucio nasceu em maio de 1975, na cidade de Cassino, Itália, se formou-se em Economia e Filosofia em Milão e, em seguida, cursou Fotografia em Nova York.

Lucio em frente a uma das obras da exposição.

Share
Enviado por: Redação

Deixe um comentário