BLOG - GALERIAS

09/10/2017 - 12:00

Festival do Rio no fim de semana

Foto de:

O programa principal do fim de semana para os cariocas foi o…..cinema, “tipo” ficar desorientado (que maravilha!), sem saber qual filme escolher nesta 19ª edição do Festival do Rio. Entre os longas apresentados, estava o documentário “Os Magníficos”, de Domingos de Oliveira, que reuniu um grupo de atores para falar do processo interno de seus trabalhos. Os atores do longa: Carolina Dieckmann, Eduardo Moscovis, Fernanda Torres, Maria Ribeiro, Mateus Solano, Sophie Charlotte e Wagner Moura (que tal esse time? Nomes em ordem alfabética, tá?). E, ainda, os filmes “Severina”, dirigido por Felipe Hirsch, com roteiro baseado no original do escritor guatemalteco Rodrigo Rey Rosa, que começou a ser produzido durante a criação de “Puzzle“, projeto teatral feito especialmente para a Feira de Livro de Frankfurt (Alemanha), em 2013. Totalmente rodado no Uruguai, o filme tem no elenco os atores Javier Drolas, Carla Quevedo, Alejandro Awada, Alfredo Castro e Daniel Hendler. Sua première mundial aconteceu no Festival de Locarno, na Suíça, em agosto.

Berenice Procura“, com um elenco bem afinado, digamos assim. Os artistas fizeram questão de falar sobre a censura, que parece estar voltando ao País. “Estrear um filme, neste momento, é reafirmar que não vou me calar. Que nós, artistas, não vamos nos calar com essa onda conservadora. Nenhum projeto de poder moralista e perigoso vai nos calar”, disse Cláudia Abreu, protagonista do longa policial, dirigido por Allan Fiterman. Emílio Dantas, bombando como o Rubinho em “A Força do Querer“, também está no elenco, vivendo um ladrão de joias, reforçou o discurso contra o conservadorismo.

Aos Teus Olhos“, de Carolina Jabor, foi outra estreia comentada. Na trama, Daniel Oliveira vive um professor de natação infantil acusado por pais de beijar um aluno no vestiário. Dividindo a tela com ele, está Malu Galli. O Festival do Rio vai até o dia 15 de outubro. Veja fotos na Galeria dessas sessões.


Enviado por: Redação
07/10/2017 - 14:16

‘Filme LGBT do ano’ tem festa na Gávea

Foto de:

O produtor Rodrigo Teixeira ofereceu, nessa sexta (06/10), uma festa em homenagem ao diretor Luca Guadagnino, numa casa na Gávea. Antes, o filme do italiano, “Me chame pelo seu nome”, teve pré-estreia no Cine Odeon, dentro do Festival do Rio.

Considerado por muitos o filme LGBT do ano, é uma produção do Brasil, Itália, França e EUA e é apontado como forte concorrente ao próximo Oscar de Melhor Filme. O enredo trata da paixão entre um jovem de 17 anos, vivido pelo ator Timothée Chalamet, pelo amigo de 24 anos de seu pai, que é professor. O personagem interpretado por Armie Hammer chega à vila da família, no Norte da Itália, para ajudar numa pesquisa do professor sobre cultura greco-romana.

“Me chame pelo seu nome” já participou, com muitas críticas positivas, dos festivais de Sundance, Berlim, Toronto, Zurique e San Sebastián. Muitos artistas só foram à exibição no Odeon: são vários os convites, nesta época, por causa do Festival do Rio. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Marcia Bahia
06/10/2017 - 16:16

Vicky Gentil: gentil e talentosa

Foto de:

Vicky Gentil é dessas garotas que não querem saber de dinheiro de pai e mãe – um perfil criativo que parece já ter nascido meio empresária.

Em algumas estadas na Indonésia com o pai, Adolfo Gentil (donos das lojas Estilo Ásia), inspirou-se para desenhar uma coleção de sapatos e fez uma tarde de vendas festiva com DJ e caipirinha na casa da amiga Renata Canoilas (estudante de arquitetura da PUC, com zero apreço por fotos) no Jardim Pernambuco – o condomínio mais exclusivo do Rio, onde minutos antes, o presidente do COI, Carlos Arthur Nuzman, tinha sido preso, acusado de intermediar um esquema de pagamento de propinas para garantir o Rio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

O assunto apareceu, como não? Mas de jeito muito breve. O que as mulheres queriam mesmo era sandálias de couro de cabra – 200 pares foram vendidos entre as amigas da estilista e sua mãe, Paula Magalhães. Vicky já tem três três pontos de vendas para marcas cariocas.  Muitas passaram por lá. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Lu Lacerda
06/10/2017 - 15:21

Festival do Rio: protestos do lado de fora, amor na tela

Foto de:

Quem chegava, nessa quinta (05/10), para a abertura da 19ª edição do Festival do Rio, no Cine Odeon, era recebido por um grupo de protesto, segurando cartazes com frases como “Censura nunca mais” e mais os gritos, já normais para o carioca, de “Fora Temer” e “Fora Crivella”. Mariana Ximenes, apresentadora da noite, levou, inclusive, uma placa para o palco, de onde questionou: “A arte faz parte da nossa identidade como nação, não podemos censurar isso. Vamos regredir?”

Debora Bloch, com a filha Julia Anquier, tirou fotos segurando um dos cartazes. “Estamos vivendo uma fase muito retrógrada e ignorante em relação à arte. O Festival do Rio é um lugar de liberdade e de pensamento muito importante”, disse a atriz.

A diretora do festival Ilda Santiago aproveitou para falar sobre o longa da estreia, o premiado “A Forma da Água”, do mexicano Guillermo Del Toro. “Esse longa fala, antes de tudo, do amor ao diferente. De descobrir a beleza do diferente no outro e o que isso significa”. O filme trata de uma história de amor inusitada entre a zeladora de um laboratório secreto do governo americano, nos anos 60, com uma criatura marinha fantástica, presa no local.

O Festival do Rio conta com mais de 250 filmes exibidos na cidade carioca e em Niterói e, pela primeira vez, vai premiar o vencedor, em parceria com a Petrobras, com uma verba de distribuição. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Marcia Bahia
06/10/2017 - 13:13

Maria Filó: 500 pontos de venda e 20 anos com festa

Foto de:

A Maria Filó, uma das marcas cariocas que vêm crescendo a cada dia, com 66 lojas e 500 pontos de vendas no Brasil inteiro, comemorou 20 anos nessa quinta, com festa, na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema. Muitas das convidadas vestiam-se iguais, mas ninguém ligou a mínima pra isso – o que queriam era mostrar algo como: veja-como-amo-a-sua-marca, e os donos, Alberto e Célia Osório, interpretaram exatamente assim.

Enquanto isso, o corpão da bela Mariana Goldfarb estava ali, mas seu espírito só se preocupava com a conta do Instagram ter sido hackeada durante o evento. Naquele momento, alguém fazia uma transmissão ao vivo de outro lugar. É ou não é pra perder a cabeça? Mas segue o baile: ter uma marca firme no mercado, na atualidade brasileira, é mesmo razão pra comemorar. Nesses 20 anos, o tricô segue sendo um ponto forte da Maria Filó, que tem um olhar, digamos, romântico das mulheres, com toda atenção da diretora criativa, Roberta Fuser. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Lu Lacerda
Página 2 de 55812345102030Última »