BLOG - GALERIAS

14/02/2018 - 16:20

O baile de Malu Barretto e Pedro Igor Alcântara: inspirados

Foto de:

Mesmo com muita gente morta na terça de carnaval, poucos resistem ao Baile da Arara, criado por Malu Barretto e Pedro Igor Alcântara, há três anos, sempre numa casa em Santa Teresa. O nome da festa este ano foi “Um Bonde Chamado Samba“, com decoração do cenógrafo francês Jean Michel Ruis e sugestão de surrealismo tropical para o figurino. O baile da Arara se inspira em bailes mais, digamos, com clima de eternos, com música antiga e samba, nada de axé, frevo ou baticumbum. Paula Lavigne apresenta a tradicional roda de samba de Pretinho da Serrinha, com participação de Mart’nalia e Teresa Cristina, que agrada tanto a brasileiros quanto a estrangeiros. Em cena, de Lea T, com peitos à mostra, a Rodrigo Santoro (de árabe?); de João de Orleans e Bragança e Vik Muniz, irreconhecíveís, a Sabrina Sato pilhadíssima (apesar dos tantos desfiles). Qualquer coisa que não seja sensualidade, beleza, animação, purpurina e “otras cositas más”, sempre imprescindíveis nessas ocasiões, tem rara importância. Você pode adorar essas fotos.


Enviado por: Lu Lacerda
12/02/2018 - 17:00

Nº 1: público além de jogador, ator e modelo

Foto de:

O camarote Nº 1, que, neste ano, uniu-se ao CarnaUOL, na Sapucaí, ficou lotado ao limite, nesse domingo (11/02), incluindo aí muitos artistas e modelos convidados. Tudo como o habitual: comidinhas ótimas, bebidinhas em alta rotatividade; e, claro, o inevitável, como alguns pagantes que empacam na frente do camarote como se fosse sua casa, não dando a menor chance a ninguém – hahaha! O espaço tem 2.400 m²! Dentre as atrações este ano, Preta Gil, Zeeba, DJ Steve Angello, Edu Poppo e On’a’Beat, além dos sócios Victor Oliva e Álvaro Garnero, ao lado do RP Beto Pacheco, que fazem um pouco esse papel também. Ali tem um público mais amplo, digamos assim – além de jogador, ator e modelo (se é que vocês me entendem…). Veja fotos.


Enviado por: Lu Lacerda
31/01/2018 - 12:30

Prêmio Cesgranrio de Teatro

Foto de:

Prêmio Cesgranrio de Teatro, criado por Carlos Alberto Serpa há cinco anos, cresce a cada edição, desde a produção da festa ao ânimo dos atores. A organização parecia impecável nessa terça-feira (30/01), no Golden Room, do Copacabana Palace. Christiane Torloni e Du Moscovis foram os mestres-de-cerimônia e Antônio Fagundes, o homenageado, por sua contribuição ao teatro brasileiro. Fagundes foi o mais aplaudido – é considerado grande ator em qualquer lugar, claro, mas é como se, no Rio, fosse um prestígio ainda mais absoluto. No palco, ele falou contra o fechamento dos teatros no país e homenageou os colegas de profissão. “Parabéns aos que ainda seguram essa chama e essa garra do fazer teatro no Brasil”, disse.

Mas o momento mais emocionante foi quando a atriz Guida Vianna, melhor atriz por “Agosto”, fez o seu discurso: “Esse prêmio que recebi (R$ 25 mil) equivale ao salário de dois meses de ensaio e quatro meses de temporada. São seis meses de trabalho. Temos um governo falido, uma prefeitura que não dá a mínima para a cultura e que retirou todos os editais. Espero poder sobreviver aos próximos três anos de (Marcelo) Crivella e um ano de Pezão, porque não vai ser fácil”. O prêmio distribuiu R$ 300 mil para os vencedores de 12 categorias, além do troféu criado pelo artista plástico Yukata Toyota. Segue a lista de premiados:

Melhor espetáculo: “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Melhor direção: Rodrigo Portella, por “Tom na Fazenda”
Melhor texto nacional inédito: Grace Passô, por “Mata Teu Pai”
Melhor ator: Armando Babaioff e Gustavo Vaz, por “Tom na Fazenda”
Melhor atriz: Guida Vianna, por “Agosto”
Melhor atriz em musical: Carol Fazu, por “Janis”
Melhor ator em musical: Adrén Alves, por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Melhor direção musical: Chico César, Beto Lemos e Alfredo Del Penho, por “Suassuna”
Melhor figurino: Kika Lopes e Heloisa Stockler, por “Suassuna – O Auto do Reino do Sol”
Melhor cenografia: Aurora dos Campos, por “Tom na Fazenda”
Melhor iluminação: Maneco Quinderé, por “Hamlet – Som e Fúria”
Categoria especial: Roberto Guimarães, pela atuação como programador do Teatro Oi Futuro.


Enviado por: Lu Lacerda
21/12/2017 - 16:51

Lucinha Amorim: muito festejada

Foto de:

Lucinha Amorim comemorou seu aniversário nessa quarta-feira (20/12), com jantar japonês, na casa da amiga Daniela Lacombe, em Ipanema. A cobertura, com vista para a Lagoa, num belo projeto do Índio da Costa, nunca tinha recebido tanta mulher no mesmo dia: foi um entra e sai intenso. E chega a hora do “Bolo da Chris”, da Chris Piereck, que anda bem em alta na cidade. A aniversariante ganhou um lindo anel, presente coletivo. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Redação
30/11/2017 - 14:00

Rodolfo Garcia: ‘meio’ Rio no lançamento de seu livro

Foto de:

Amigos do jornalista Rodolfo Garcia, ou seja, meio Rio (de todos os perfis), estavam no lançamento de “O que os chefs cariocas comem em casa“, nessa quarta-feira, durante a abertura da edição de fim de ano do coletivo Carandaí 25, na Casa Rosa da Gávea. As pessoas ficaram horas e horas: uma conversa, uma comprinha, uma tacinha, um carão, um “que casa linda!”, um veneno daquela “amiga” que deu-uma-caída (hahaha) – o povo é phoda! O imóvel, aliás, é um capítulo à parte e virou assunto: quatro amigos pensaram em considerar a possibilidade de se unir para arrematar o antigo endereço da família Rocha Miranda, que está à venda por alguns milhões de reais, e passar a viver em comunidade. Que tal?

O espaço, de 2 mil metros quadrados, desta vez, reúne mais de 100 pequenos produtores. São marcas de moda selecionadas pela organizadora Tatiana Accioli. Veja fotos de quem passou por lá.


Enviado por: Lu Lacerda
Página 1 de 56012345102030Última »