Foto de:

Oito baianas do Império Serrano fizeram a lavagem simbólica do Teatro Carlos Gomes, nessa quarta-feira (15/03), na estreia do musical “CartolaO mundo é um moinho”. Se foi para garantir o sucesso que a peça teve em São Paulo, onde foi assistida por mais de 27 mil espectadores, já começou a dar certo: o público aplaudiu muito o espetáculo, que tem Flávio Bauraqui no papel do compositor e fundador da Mangueira e Virgínia Rosa como Dona Zica. Com texto de Artur Xexéo, direção de Roberto Lage e direção musical de Rildo Hora, o musical partiu de uma pesquisa de Nilcemar Nogueria, atual secretária municipal de Cultura e neta de Cartola. No elenco todo de atores negros, a atriz Lu Fogaça chama a atenção quando interpreta Nara Leão. A cantora Alcione foi a artista convidada da estreia e cantou duas canções de Cartola, “O sol nascerá” e “As rosas não falam”. No final, o idealizador do espetáculo e produtor Jô Santana anunciou que outras produções virão na mesma linha: um musical sobre dona Ivone Lara e outro sobre Martinho da Vila.

Share
Enviado por: LuLacerda

Os comentários estão fechados.