Foto de:

Os editores Bia e Pedro Corrêa do Lago receberam, nessa quinta (10/08), no apartamento do casal no Leblon, para festejar a eleição do poeta e filósofo Antonio Cicero para a Academia Brasileira de Letras, acontecida horas antes. Cicero, em sua terceira tentativa para entrar na Academia, recebeu 30 votos de 34 votantes, e entrou para a vaga deixada por Eduardo Portella, que morreu em maio.

Alberto Costa e Silva deu um susto em todos: tropeçou bem em frente ao prédio dos Lago, teve um corte no supercílio, mas foi logo levado pelo neurocirurgião Paulo Niemeyer, que estava entre os convidados, para os primeiros socorros num hospital em Copacabana – e tudo certo. Cicero, além da produção acadêmica, é autor de letras de sucesso da MPB: com sua irmã, a cantora Marina Lima, compôs “Fullgás” e “Para Começar”; com Cláudio Zoli, “À Francesa”; e com Lulu Santos, “O último romântico”. Veja fotos na Galeria.

Share
Enviado por: Marcia Bahia

1 comentário para "Antonio Cicero: um imortal com um pé na MPB"

  1. 14/08/2017 - 14:37 Enviado por: Malu

    O amigos envelheceram, mas, continuam adoráveis..