07/03/2018 - 20:00

Sete perguntas para Amir Slama (sobre “des-vestir” o funk)

amir-slama-certo

Anitta, Pabllo VittarJojo Todynho e Bruna Marquezine têm um amor em comum: o estilista Amir Slama. Vira-mexe-remexe, Anitta está usando uma estampa de onça, um dourado ou um rosa-choque, além do biquíni “tapa-bico-de-peito” – desfilado na última edição da SPFW, em agosto passado, inspirado nos anos 50 e nas vedetes brasileiras. A funkeira Jojo aproveitou a fama repentina e chamou Amir para dar um tapa no visual durante o carnaval – usou um figurino de R$ 40 mil no Baile da Vogue. “Me inspirei nas negras dos anos 80, como Tina Turner, e no movimento black power”, disse. Marquezine foi o sucesso do Bloco da Favorita, na Praia de Copacabana, com um sutiã, também “tapa-bico-de-peito” de pedraria.

As novas clientes mostram que a moda para Amir não tem fronteiras ou classe social. O criador da Rosa Chá – famosa por seus biquínis e maiôs – tem sua marca autoral e homônima desde 2009, com lojas em São Paulo e no Rio. Formado em História, ex-garçom e barman, Amir é atento a tudo o que acontece, inclusive na mudança na moda. “Os tempos são outros. Eu mudei, e o mercado mudou. Hoje, quem manda é o consumidor. Estou próximo do meu consumidor final. Ele é o grande personagem”, explica ele, naquele seu jeito de ser, sempre sereno e seguro.

1
Você tem vestido Anitta, Jojo Todinho, Pablo Vittar, o que não deixa de ser uma novidade em sua vida. Há poucos anos, via-se vestindo cantoras de funk? Você se vê como o estilista queridinho das funkeiras?

Comecei fazendo alguns looks com a Anitta e depois a Jojo. Andando nessa área musical. tenho feito bastante coisas com esses artistas.

2
Você mudou de perfil?

Na verdade, dei um pouco mais de exercício ao processo criativo. Pensando nas últimas coleções, acho que tudo anda com uma veia comercial mesmo, até pela própria situação do País.

3
Quais referências você busca para vestir mulheres em cenários que você não frequenta, como as favelas, por exemplo?

Na realidade são do meu momento mesmo. Ando revendo musicais, minha última coleção foi muito década de 50. Me inspiro também nas cantoras negras dos anos 70.

4
Você se considera ousado?

O que não era usado há alguns anos hoje é extremamente comercial. A primeira coisa que vem à minha cabeça é que gosto do novo, sempre em busca dessa resposta do consumidor, tentando traduzir as vontades.

5
Tem um pé na carioquice? As quebradas de São Paulo são outras, não é?

Acho que a gente teve um pouco essa separação, mas vejo a moda como muito brasileira. Tento traduzir essa sensualidade nossa, pra mim não existe fronteira regional. A nacionalidade tem muito a ver com a sensualidade tanto da mulher quanto do homem.

6
Existe diferença de público para suas roupas?

Pra mim, independentemente de região, tanto no Brasil quanto no mundo: Rio, São Paulo, Nova York…..

7
No carnaval quase tudo é permitido, principalmente no Rio. Este ano suas peças ficaram mais, digamos, sensuais, como o figurino de Bruna Marquezine no Bloco da Favorita. Essa repercussão atinge que público?

Só tampava o miolo do busto, o que também é uma releitura das vedetes anos 50. Atualmente, a mulher tem uma coisa feminina mais autêntica, um grau de independência maior. O público que procura a moda para se comunicar vai muito além de se proteger do frio ou do calor.

amir-colagem-figurinos

Os looks de Amir: Anitta com o biquíni ousado e uma roupa de onça; Bruna Marquezine com o sutiã de pedraria; Anitta e Vittar durante as gravações do clipe “Sua Cara”; e Jojo Toddynho com dois modelos na mesma noite /Fotos: Reprodução


Enviado por: Lu Lacerda
07/03/2018 - 17:00

Cena carioca: mudança da irreverência para a violência

assalto-ok

Assaltante é pego em flagrante quando tentava roubar o motorista de um carro na Barra /Foto: Amiga da coluna

“Cena carioca”, antigamente, referia-se a irreverência e humor. De certo tempo pra cá, anda mais relacionada a situações de violência. Na tarde desta quarta-feira (07/03), motoristas que passavam pela Av. das Américas, na altura do Village Mall e do Fórum da Barra, levaram um susto quando um motoqueiro, sozinho, bateu no vidro de um carro com uma arma, anunciando o assalto no meio do trânsito lento. Antes de o dono do veículo pensar em alguma reação ou entregar alguma coisa, um policial à paisana saiu de um Fox branco, armado, e começou a atirar em direção ao assaltante no meio do tráfego intenso. Foram uns cinco disparos, segundo testemunhas. O bandido deixou a moto cair e saiu correndo pelo asfalto, enquanto o policial continuava atirando. Uma das balas pegou o sujeito de raspão, segundo uma passageira que presenciou toda a ação. Logo depois, policiais que estavam por perto conseguiram imobilizar o ladrão, que foi levado ao Fórum e logo depois encaminhado à 16ª DP da Barra.


Enviado por: Redação
07/03/2018 - 16:00

Repara no estado do Detran da Gávea…..

detran-ab

Detran Gávea: local está em péssimas condições, como cadeiras quebradas, lixo acumulado, ralo quebrado e infiltração no teto /Fotos: Reprodução Alerta Leblon

Os moradores da Gávea e bairros próximos que usam os serviços do Detran, na Av. Rodrigo Otávio, estão impressionados com o descaso e falta de estrutura. Nesta quarta-feira (07/03), um seguidor da página “Alerta Leblon” postou algumas fotos que mostram cadeiras e ralos quebrados, teto com infiltração e lixo acumulado há 20 dias. “Acabei de vir do Detran e realmente está desse jeito. Nem as cadeirinhas que as crianças sentavam para tirar o RG (Registro Geral) existe mais. Temos que as colocar no colo para a foto 3 x 4”, disse Mariana Alves. Já outro morador pede a atenção do presdiente Vinícius Medeiros Farah: “A sua casa também fica assim, Sr.º Vinícius?. O teto está prestes a cair, então, por favor, respeite os funcionários e clientes”, escreveu no Alerta. Como publicado aqui, o posto também está sem bebedouro há mais de dois anos.


Enviado por: Redação
07/03/2018 - 14:40

Roupa de grife para cães: a moda pegou

Foto de:

Foi-se o tempo em que os Poodles eram os reis do pedaço. Vez ou outra, as pessoas elegem uma raça de cachorro do momento, e as cariocas estão amando seus Cavalier King Charles Spaniel – de raça inglesa, com nome e focinho de realeza – muito bem representados por Margot, Max, Maurício e Zeca no lançamento da coleção de inverno “Kids Best Friend”, na loja da Mixed Kids, no Leblon, nessa quarta-feira (06/03). A linha de roupas foi criada especialmente para homenagear a relação de amizade entre as crianças e seus amigos de quatro patas – os figurinos e acessórios dos bichinhos foram feitos com as mesmas estampas dos pequenos humanos. Detalhe: as crianças, entre 7 e 11 anos, ficaram loucas e escolhiam as peças sozinhas, sem ligar a mínima para a opinião dos pais, completamente independentes. Algumas convidadas ficaram surpresas ao encontrar Ana Paula Sadala, aparentemente tranquila, bonita, alegre. Ela é casada com Georges Sadala, personagem da “Farra dos Guardanapos”, preso na operação “C’est fini” e solto recentemente. Com a evolução da Lava-Jato, essas situações se apresentam com toda frequência. Como disse um dos poucos homens a aparecer ali: “A vida continua…”


Enviado por: Lu Lacerda
07/03/2018 - 13:20

Ana Paula e Vic Mirelles: criatividade nos píncaros em workshop

Foto de:

Pelas palavras soltas pra lá e pra cá, vai ser repetido o curso “Workshop Table Décor & Páscoa”, no Gávea Golf, que aconteceu nessa terça-feira (06/03). Tanto a decoradora Ana Paula Leão Teixeira quanto o florista Vic Meirelles estavam num dia de criatividade lá nos píncaros. A parceria com a paulista Theodora Home, com os acessórios, deu bem certo também. A mesa de doces e chocolates de Christiane Guinle, para muitas, foi um prazer à distância; preferem o deleite do manequim 38 (talvez o marido nem tanto – você bem seca, e ele pegando outra? Cretino, hein!). Sacanagem e, claro, brincadeira! A renda dos ingressos, cada um a R$ 300, vai para a Associação Saúde Criança (ASC), ONG, fundada pela médica Vera Cordeiro, em Botafogo. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Lu Lacerda
07/03/2018 - 12:12

Nazareno e Alair juntos na Luciana Caravello: estimulante

Foto de:

Foram inauguradas duas exposições na galeria Luciana Caravello, em Ipanema, nessa quarta-feira (07/03): “Um segredo é a palavra viva entre uma boca e um ouvido” (hummm! que maravilha de título) , do artista paulistano Nazareno, com 16 trabalhos, em torno da palavra segredo e seus significados, e “Young Male: Fotografias de Alair Gomes”, com 40 imagens do fotógrafo, morto em 1992. Muitos ali consideraram estimulante o contraste entre as duas mostras: da delicadeza das peças do Nazareno ao impacto das fotos do Alair, com indicação classificatória para maiores de 18 anos – apesar de serem das décadas de 60 e 70 do século passado, uma ótima porrada na onda puritanista que rege a maioria. Alguém citou Stanislaw Ponte Preta, seu contemporâneo, quando disse: “Vivemos um Fepeapá” (festival de puritanismo que assola o País). A noite foi um vaivém de interessados – Veja as fotos de Paulo Jabur.


Enviado por: Lu Lacerda
07/03/2018 - 11:00

Paris, por Paulo Pereira

saint-laurent

Saint Laurent: espetacular, o mais emocionante de todos, lindos brincos enormes de strass!

dior

Dior: revolucionário, ativista e feminista, super anos 70, com pegada moderna e tecidos luxuosos

chanel

Chanel: um bosque gigantesco com princesas vestidas de rendas, babados, peles e muitos acessórios ricos

mcqueen

McQueen: deslumbrante, lindo, maravilhoso!

givenchy

Givenchy: rico, chique!

balmain

Balmain: rico, poderoso, mas não emocionou de forma alguma. Sentia-se um clima de decepção na plateia.

lanvin

Lanvin: ninguém entendeu nada da proposta apresentada

louis-vuitton

Louis Vuitton: um clima moderno interessante nos volumes das mangas e nas silhuetas dos vestidos, sem paixão

yamamoto

Yamamoto: lindo, moderno, maduro, com a famosa pegada do mestre das formas e volumes

elie-saab

Elie Saab: certeza de chegar na festa arrasando, sabendo que será uma das mais bem vestidas do baile

comme-des-garcon

Comme des Garçons: um momento mágico, de bom gosto exagerado, desestruturado e poeticamente apresentado

balenciaga

Balenciaga: moderno, inovador e chique, os acessórios objeto de desejo

isabel

Isabel Marant: a moderninha de serviço adorada pelas burguesinhas da cidade. Coerência e bom gosto revisitados

issey-miake

Issey Miake: tradicionalmente moderno, com looks tecnologicamente inovados

galliano

John Galliano: mesmo sem Galliano na direção artística, o clima dos vestidos hiper femininos do estilista estão mais do que presente. Desfile lindo e jovem

chloe

Chloé: adorável fresch, as bolsas então estavam maravilhosas, unanime!

valentino

Valentino: vestidos amplos, mangas, lenços na cabeça, tudo muito coberto, nada sensual. O resultado não agradou muito – Ups!

Minhas queridas leitoras, terminou, nesta segunda-feira (05/03), a semana de moda parisiense inverno/2018, com muitas novidades interessantes; outras, nem tanto. Em termos de tendências, alguns desfiles emocionaram muito; outros, mais ou menos, e poucos não emocionaram de jeito nenhum. Selecionei fotos de desfiles de marcas de luxo que as brasileiras adoram. Bom desfile!

—————————————————————————————————————————————

nota-2-paris-1

nota-2-paris

O Palais Galliera, em Paris, inaugurou a tão esperada exposição sobre o trabalho do grande e revolucionário estilista belga Martin Margiela. Com mise-en-scene criada pelo próprio estilista, a mostra retrata de uma forma cronológica, de 1989 a 2009, todo processo criativo de Margiela, que ficou famoso por questionar as estruturas das roupas e o sistema da moda.

Uma viagem surpreendente e fascinante pelo universo criativo, autoral e inovador do estilista que nunca se deixou ser fotografado pela imprensa fashion.

Imperdível!

Até 15 de julho 2018
Margiela-Galliera
10, Av Pierre 1° de Serbie-75016 – Paris

—————————————————————————————————————————————

nota-4-paris-3

nota-4-paris-1

nota-4-paris-2

nota-4-paris

Na primeira foto, Silvia Rogar, Bruno Astuto e Donata Meirelles; na segunda, Iorane Rabelo, Gustavo Rabelo e Consuelo Bloker; na terceira, Marina Albuquerque, Patty Scarpa, Marcia Toniolo e Donata Meirelles; na quarta, Alice Ferraz, Gustavo e Carol Rabelo, Silvia Braz e Rodrigo Rabelo / Fotos: Divulgação

A marca mineira Iorane e a Vogue Brasil organizaram um supercoquetel no Hotel La Reserve, em Paris, com muitos fashionistas brasileiros e internacionais que estavam na cidade. No coquetel, a Iorane lançou sua nova coleção de jaquetas, que virou objeto de desejo entre as convidadas. Um final de tarde delicioso ao som de piano e muita champagne.
—————————————————————————————————————————————

Visite também parisporpaulopereira.com

tarja-paulo-pereira-2017


Enviado por: Redação