06/11/2017 - 20:00

Taxista faz sucesso nas redes ao transportar animais

Fábio Serpa: taxista é exemplo nas redes sociais ao transportar cães /Foto: Reprodução Facebook

Fábio Serpa: taxista é exemplo nas redes sociais ao transportar cães /Foto: Reprodução Facebook

O taxista carioca Fábio Navarro Serpa está fazendo sucesso nas redes sociais. Tanto que foi parar no site oficial da Prefeitura da cidade. Ele faz o que a maioria dos seus colegas recusa: transporta bichos de estimação. Em sua página no Facebook, ele costuma falar dos elogios de clientes que têm dificuldades em conseguir um motorista que aceite animais. Um dos posts rendeu 5,6 mil curtidas e 2,5 mil compartilhamentos e muitas clientes novas.

Fábio decidiu expor o problema nas redes ao deparar com uma passageira que contou ser muito difícil conseguir que um carro parasse para ela e seu amigo peludo. “Uma senhora me fez sinal com cachorro no colo; eu, na hora, parei para atendê-la. Como sempre, perguntei para onde ela iria e, no meio do trajeto, ela me elogiou pela educação e disse que era muito difícil pegar um táxi com seu cachorro e, inclusive tinha um Setter, uma raça maior, e não saía com ele por não conseguir um táxi. Diante dessa situação ofereço-me a qualquer pessoa que queira transportar seu animal, seja ele qual for. Não cobro nada mais por isso e estou pronto para servir aos pets com a atenção que merecem”, escreveu.

A Prefeitura tem um regulamento que define as regras para o transporte de animais em táxis. Segundo esse texto, o motorista é obrigado a levar o passageiro com animais acondicionados – em uma caixa ou bolsa para transporte de pets, por exemplo – ou com um cão-guia. Em qualquer outra situação, o taxista pode recusar a corrida – a menos que o nome dele seja Fábio Serpa.


Enviado por: Redação
06/11/2017 - 19:00

Alta Ajuda, por Anna Sharp: vivendo no medo

m000082100

Vivendo no medo, somos constantemente impulsionados a fazer algo para nossa proteção e para provar nossa qualificação como merecedores de amor, em quaisquer de suas manifestações.

Realizamos apenas para demonstrar que somos capazes, e usamos o orgulho para preencher o vazio insuportável da carência.

Desnorteada, a nossa antena de auto-preservação, fica direcionada à proteção do orgulho (a defesa do orgulho ferido por rejeição é a origem do ressentimento, ou raiva fria, origem de quase todas as doenças), ao invés do amor.

A única saída do medo muitas vezes insuportável, é através da raiva que, ou projetamos nos outros (julgamos, rejeitamos, castigamos), ou introjetamos (nos sabotamos, adoecemos, punimos e vitimizamos); ou ainda, quando nos sentimos agredidos (medo de que ameacem ou firam nosso orgulho), atacamos para nos defender, explícita ou implicitamente.

Escondido sob o disfarce da raiva está o medo. Sempre!

A raiva nos impulsiona a realizações com o objetivo de finalmente alcançar o poder como proteção contra a rejeição! Muitas vezes exercemos o poder de ser melhor que o outro, de possuir a verdade ou a razão (“Eu não disse…? ou “Eu te avisei…!”). Sentimos orgulho ao demonstrar a nossa superioridade, a nossa espiritualidade e até a nossa humildade (?)!

Atrás da imagem reluzente de nossas conquistas, está o verdadeiro eu, submerso na culpa de não corresponder ao modelo de perfeição exigido pelos pais, religião, sociedade, cultura. O sentimento de ser uma eterna fraude nos persegue incessantemente.

De onde surgiu essa culpa de “ser humano”, que nos obriga a construir barreiras de proteção contra nossos iguais? Da rejeição!

E não seria ela o “pecado original”?

tarja.annasharp


Enviado por: Redação
06/11/2017 - 17:00

Daniela Procópio e a Jatobá Big Band

jatoba-2-banda

Daniela Procópio e Jatobá Big Band: orquestra de jazz com músicos brasileiros e estrangeiros se unem à cantora para divulgar projeto / Foto: Divulgação

Finalmente, o álbum de estreia e autoral da Jatobá Big Band – orquestra de jazz com músicos brasileiros e estrangeiros baseada na Áustria – vai sair ainda este ano. Depois de entrar numa campanha através de crowdfunding, eles estão conseguindo a verba para finalizar o disco, que começou a ser gravado em abril. “Atualmente, estamos produzindo o nosso primeiro álbum, com oito faixas originais, tudo sob a direção e produção do guitarrista, compositor e arranjador Marco Antonio da Costa”, diz o grupo em sua página.

No repertório, composições e arranjos que Marco criou em cima de nomes, tais como Pat Metheny, Jacob do Bandolin, João Donato, Daniela Procopio, Eugênio Dale e Gelson Oliveira. “Acreditamos que tal jazz brasileiro de alto nível apresentado em formato orquestral será uma contribuição nova e original para o mercado de música”, diz a Jatobá. Destaque para o timbre único e suave de Procópio para a faixa “Adeus” (João Donato/Daniela Procópio/Eugenio Dale) – a cantora é filha de Celita Procópio de Carvalho, presidente do Conselho Curador da FAAP, em São paulo, mas preferiu fugir da carreira educacional e se aventurar na música.


Enviado por: Redação
06/11/2017 - 16:30

Aparição de mulher de Joesley nas redes: indignação e elogios

ticiana

Ticiana Villas Boas: mulher de Joesley Batista reaparece no Instagram com mensagem aos seguidores / Foto: Reprodução do Instagram

Sumida das redes sociais desde maio, a ex-apresentadora do SBT Ticiana Villas Boas, mulher de Joesley Batista, dono do grupo J&F, reapareceu nesse sábado (04/11), no Instagram. A jornalista publicou a seguinte mensagem, da Chapada Diamantina, na Bahia: “Somos tão pequenos diante da natureza. Mas somos parte dela e de Deus. Acredito na força e justiça divinas. Acredito no poder do tempo, que é o senhor da razão. Passei os últimos seis meses me apegando a isso e a Deus. Esta semana estou caminhando por um lugar muito especial, na minha terra, com amigos do coração. Lugar onde passei boa parte da minha infância e adolescência, que sempre me revigorou e acolheu. Conectada com a natureza, estou ganhando forças para voltar a viver e lutar”. Até a tarde desta segunda-feira (06/11), a maioria dos quase 1.300 comentários, dos 247 mil seguidores, é agressivo e indignado; mas alguns são de elogios e solidariedade também.


Enviado por: Lu Lacerda
06/11/2017 - 15:51

Carnaval X Lei Rouanet: muitas escolas vão sambar

d22fccf49a29469e1735c7cdab5cff83-bucket-list-ems

Lei Rouanet: muitas escolas de samba não podem captar recursos por estarem penduradas com prestações / Foto: reprodução do Pinterest

Sobre as escolas de samba e a Lei Rouanet: muitas delas não podem captar recursos para o próximo carnaval por estarem penduradas com prestações de contas anteriores. Entre as que podem, de três, são esses os valores: a Mangueira vai poder captar 7,3 milhões; a Mocidade, 5,7 milhões; e a Portela, 1,5 milhão. A Mocidade está buscando patrocínio da Índia com o enredo “Namastê”; a Portela espera apoio financeiro da comunidade judaica, com o enredo “De Repente de Lá Pra Cá e Dirrepente de Cá Pra Lá”; já a Mangueira vem com “Com dinheiro ou sem dinheiro, eu brinco”, sugerindo uma crítica ao corte de verba da Prefeitura por Marcelo Crivella – tem gente do samba achando que aí vai ficar bem difícil encontrar apoio.


Enviado por: Lu Lacerda
06/11/2017 - 14:41

12º Bazar Joyeux Nöel: até esta terça-feira no Copa

2017-11-05-photo-00000013

O 12º Bazar Joyeux Nöel acontece, nesta segunda e terça-feira (06 e 7/11), no Copacabana Palace. O evento, com entrada franca, é um convite da Sociedade Providência Dom Cipriano Chagas e das patronesses: Mariza Campos Gomes da Silva (patronesse de Honra), com as organizadores: Belita Tamoyo, Beth Serpa, Eliana Pittman, Gisella Amaral, Hildegard Angel Ildinha Seabra Inês Bloch, Maria de Lourdes Leta, Maria Teresa Malta, Regina Andrade. Esse é dos bazares solidários dos mais elogiados, sobretudo pelos precinhos. Mais informações pelo telefone (21)2263-3725.


Enviado por: Lu Lacerda
06/11/2017 - 14:23

A empresária e comunicadora Kika Gama Lobo entrevista a dermatologista Juliana Piquet, no Casa Cor Rio, nesta terça-feira (07/11), às 18h30. O bate papo faz parte do projeto Atitude 50, que ganha canal no Youtube em breve.


Enviado por: Redação
06/11/2017 - 13:41

Concessionária RIOgaleão terá R$ 1 milhão para apoio a projetos culturais

RIOgaleão: concessionária foi autorizada pela Prefeitura a investir R$ 1 milhão em projetos socioculturais /Foto: Reprodução

RIOgaleão: concessionária foi autorizada pela Prefeitura a investir R$ 1 milhão em projetos socioculturais /Foto: Reprodução

RIOgaleão recebeu habilitação final da Prefeitura para redirecionar R$ 1 milhão do seu ISS (imposto sobre Serviços) ao incentivo de projetos socioculturais já habilitados pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Os interessados devem enviar suas propostas à concessionária, que administra o Aeroporto Internacional Tom Jobim, até 10 de novembro. O RIOgaleão definiu que os projetos a serem patrocinados devem ter como foco a verdadeira conexão e a alma carioca, como a dança e a música.

“Apoiamos projetos criados por cariocas, para cariocas, que traduzam importantes aspectos de uma cidade global. O importante é que cada projeto seja capaz de traduzir traços genuínos do ‘ser carioca’ e provoque novas conexões tanto para quem dele participa quanto do público que assiste”, explica Maria Elisa, gerente de marketing do RIOgaleão. Em 2017, a concessionária aplicou seus investimentos na Orquestra Johann Sebastian Rio, na Escola Livre de Dança da Maré, na etapa carioca da Academia Jovem Concertante e no projeto de CD e DVD/DOC “Paulo Jobim e Mário Adnet – Jobim, Orquestra e Convidados”.


Enviado por: Redação
06/11/2017 - 13:04

A artista Alice Barbosa Lima inaugura sua primeira exposição individual no Espaço Ernani Arte e Cultura, a convite do leiloeiro Horácio Ernani, nesta terça-feira (07/11). A mostra “Estrada“, com curadoria de Marco Rodrigues, fica aberta ao público até o dia 17 de novembro.

 


Enviado por: Redação
06/11/2017 - 12:49

A Livraria Timbre, junto a historiadora russa Elena Serebryakova, organiza, nesta terça-feira (07/11), uma leitura de poesia no evento “Vanguardas: 100 anos da Revolução Russa“, no Shopping da Gávea. O evento, gratuito, acontece das 19h às 20h.

 


Enviado por: Redação
Página 1 de 212