12/10/2017 - 19:00

Moda, por Bebel Schmidt: Moda e Arte

colagem-bebel-2

colagem-bebel-1

Moda, arte e arquitetura sempre andaram juntas. Encontramos influências nas criações e nos movimentos, tanto culturais quanto remetendo a algum artista. Adoro quando esses caminhos se cruzam, e o processo criativo fica mais rico.

Nas imagens, alguns exemplos de como essa busca de referências é importante para o desenvolvimento cultural e de identidade da marca.

Artistas consagrados contribuem no processo criativo, ou mesmo a coleção é desenvolvida na forma arquitetônica que entra na leveza ou na estrutura de uma peça de moda.

Vamos nos inspirar

Bjkss,
Bebel Schmidt

tarja.bebelschmidt


Enviado por: Redação
12/10/2017 - 17:30

Cinemas lotados no Festival do Rio

festivaldorio-5855

festivaldorio-5942

colagem-sem-titulo

festivaldorio-16

Na primeira, Zezé Motta e Geraldo Carneiro; na segunda, Monica Iozzi e Murilo Rosa; na terceira, o diretor Fellipe Barbosa, ao lado, a atriz Juliana Alves; na quarta Lua Blanco e Leandro Soares / Fotos: Patrick Szymshek/R2; Christian Rodrigues/R2

Depois de participar do 21º Festival do Cinema Brasileiro em Miami, “A Comédia Divina”, o novo longa de Toni Venturi, ganhou sessão de gala no sexto dia de Festival do Rio, nessa quarta-feira (11/10), no Estação Net Botafogo 1. A equipe estava em peso por lá – Murilo Rosa, Monica Iozzi, Zezé Motta, Dalton Vigh, Thiago Mendonça e Juliana Alves em sua primeira aparição depois do nascimento da filha, Yolanda. Venturi não perdeu tempo e fez o seu protesto: usou uma camiseta com a frase “Censura Nunca Mais”, para lembrar do momento atual em que grupos conservadores vem tentando calar o movimento artístico e pediu para o público assistir ao filme de mente aberta.

Outra sessão do dia foi a de “Gabriel e a Montanha“, no Cine Odeon Net Claro. Estava lotado, com o diretor Fellipe Barbosa e elenco. O longa, que conta a história de um jovem que decide passar um ano viajando pelo mundo antes de entrar na universidade.

Pra quem ainda não foi a nenhuma das programações do Festival do Rio, melhor correr – o evento termina neste domingo (15/10).


Enviado por: Redação
12/10/2017 - 17:10

Livro sobre o embaixador Edmundo P. Barbosa da Silva

image3

image1-1

image1-2

image5

Na primeira, a viúva, Tita Barbosa da Silva com os filhos Bel Auguta, Ana Helena, Edmundinho e Rogério de Souza Farias, autor do livro. Na segunda, O casal Maria Luiza e Marcilio Marques Moreira com Bel Augusta. Na terceira, Tita Barbosa da Silva com a chef Joana Carvalho. Na quarta, Rogério de Souza Farias / Fotos: Divulgação

O lançamento do livro “Edmundo P. Barbosa da Silva e a construção da Diplomacia Econômica Brasileira“, sobre o embaixador, no auditório do IHGB (Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro), começou com uma palestra e debate entre os embaixadores Marcílio Marques Moreira, que trabalhou com o amigo Edmundo no Itamaraty e prefaceou o livro, Luiz Felipe Seixas Correa, e Paulo Roberto de Almeida. Os quatro trocaram impressões sobre a importância de Edmundo na história da Diplomacia para as futuras gerações, sem esquecer sua ética e sua inteligência. Na plateia, nomes como José Luiz Alqueres, Álvaro Costa Franco, Décio Mattos, Carlos Leal, Maitê e Felippe Queirós Mattoso, além da viúva, Tita, e dos filhos, Bel Augusta, Ana Helena e Edmundinho. O coquetel criado pela chef Joana Carvalho (Jojô bistrô) lembrava Minas, com produtos artesanais, pão de queijo, queijo canastra, linguiça mineira, homenageando o embaixador, que nasceu em Curvelo.


Enviado por: Redação
12/10/2017 - 16:00

Charles Fricks com a premiada “O filho eterno” na Laura Alvim

image004

Charles Fricks: o ator se apresenta com “O Filho Eterno”, na Laura Alvim, em Ipanema / Foto: divulgação

Na comemoração dos 25 anos da Cia. Atores de Laura, alguns espetáculos do repertório estão sendo reencenados. Neste fim de semana e no próximo, às 19h30m,  é a vez do sucesso que revelou, pelo menos para quem não tinha o hábito de ir ao teatro, o talento de Charles Fricks, ator capixaba, integrante da Cia, muito elogiado na encenação de “O Filho Eterno”, adaptação para o teatro feita por Bruno Lara Resende, baseada no romance homônimo do curitibano Cristóvão Tezza, sob a direção de Daniel Herz. A história é sobre os conflitos de um pai ao descobrir que  o filho é portador da síndrome de down. Nesta sexta-feira (13/10), vai ser encenada a 283a.  sessão da peça, já vista por 40 mil espectadores em mais de 50 cidades. Em Portugal, ao final do espetáculo, Charles teve que entrar e sair de cena três vezes, para receber os 7 minutos de aplausos da plateia. O espetáculo já ganhou inúmeros prêmios.


Enviado por: Lu Lacerda
12/10/2017 - 15:00

Opinião: prefeitos do Rio e de Londres – quanta diferença

Sadiq Khan X Marcelo Crivella - enquanto um prestigia festival em Londres, o outro mal aparece em eventos cariocas /Foto: Reprodução e Agência Brasil

Sadiq Khan X Marcelo Crivella – enquanto um prestigia festival em Londres, o outro mal aparece em eventos cariocas /Foto: Reprodução e Agência Brasil

Saiu nota, na coluna do Ancelmo Gois (O Globo, desta quinta-feira), contando sobre o prefeito de Londres, Sadiq Khan, ter ido ao festival de cinema da cidade ver o longa “Me chame pelo seu nome”, que conta uma história de amor gay, e elogiado o filme. Tal situação, na cidade carioca, seria impensável nos tempos atuais. Marcelo Crivella, além de não ter dado as caras no Festival do Rio (ou nos eventos culturais em geral), muita gente tem medo até de ele tentar proibir alguns filmes como esse. E o pior, de conseguir, caso da exposição “Queermuseu”, que o prefeito disse que proibiria, assim foi feito, e acabou.


Enviado por: Lu Lacerda
12/10/2017 - 13:25

Nélida Piñon assina 80 livros em biblioteca popular

Nélida Piñon entre Cristina Oldemburg e Antonio Torres – noite de autógrafos em biblioteca popular

Nélida Piñon entre Cristina Oldemburg e Antonio Torres – noite de autógrafos em biblioteca popular. Foto: Marco Rodrigues

Nélida Piñon, imortal da Academia Brasileira de Letras, prendeu a atenção de uma turma grande em plena véspera de feriado na Biblioteca Estação Leitura, na estação Central do Metrô Rio, nessa quarta-feira (11/10), para a 13ª edição do Encontro com Territórios. O bate-papo, mediado pelo jornalista Christovam de Chevalier, foi sobre o “Livro das Horas”, um misto de memória, autobiografia e ensaio em que o leitor, por exemplo, conhece detalhes de sua amizade de quase duas décadas com nomes estelares da literatura brasileira, como Clarice Lispector. Logo depois, formou-se uma fila empolgada para receber o autógrafo em 80 livros distribuídos gratuitamente – um presente!

Logo ao lado da biblioteca popular, na galeria Arte e Literatura, os fãs de Nélida ainda puderam apreciar a exposição “Nélida Piñon a imaginação, a emoção e a palavra”, composta por fragmentos literários do livro e 12 imagens feitas em Holambra, a Cidade das Flores, através das lentes de Cristina Oldemburg, diretora do projeto. “Sempre quis homenagear esta mulher incrível com um projeto de imagens que refletisse a admiração que sinto por ela. A missão da nossa biblioteca é promover a leitura através de vivências artísticas que aproximem o leitor da obra literária, formar novos leitores e plateia para debate e criar pensamento crítico sobre questões que fazem parte do nosso cotidiano”, conta Cristina.


Enviado por: Redação
12/10/2017 - 12:36

Antonio Fagundes será o homenageado da próxima edição do Prêmio Cesgranrio de Teatro em festa no Golden Room do Copacabana Palace, em janeiro.


Enviado por: Redação
12/10/2017 - 12:27

O documentário João de Deus – O Silêncio é uma prece estreia no Festival do Rio, neste sábado (14/10), no Cine Odeon. O longa mostra os fenômenos de cura na Casa Dom Inácio, em Abadiânia, interior do estado de Goiás, com o médium João de Deus recebendo pessoas de todo o mundo para tratamentos e cirurgias espirituais.


Enviado por: Lu Lacerda
12/10/2017 - 12:15

Os jornalistas Sônia Araripe e Carlos Franco comemoram no próximo dia 18, os 10 anos da revista Plurale, com o seminário Sustentabilidade como propósito. Na abertura, o debate Urgência da Crise Climática com André Trigueiro, Sérgio Besserman e Alfredo Sirkis.


Enviado por: Lu Lacerda
12/10/2017 - 12:00

DJ Alok quebra mais um recorde mundial

imagem_release_1096852

Alok: o Dj que surpreende as estatísticas no mundo inteiro está entre os 30 brasileiros mais ouvidos no exterior/ Foto: Divulgação

Em lista divulgada pela Billboard, Alok, o artista que não para de quebrar recordes mundiais com suas produções, aparece liderando o ranking dos 30 brasileiros mais ouvidos no exterior. Na lista disponibilizada pela Deezer, plataforma de streaming criada em 2007 na França e com operação no Brasil desde 2012, Astrud Gilberto surpreende em segundo lugar e Roberto Carlos ocupa a terceira colocação.

Com 15 anos de carreira, o Dj acumula números impressionantes: são cerca de 10 milhões de ouvintes mensais nas plataformas digitais; mais de 300 milhões de plays só na música “Hear Me Now”; 150 milhões de acessos no YouTube; 10 milhões de seguidores nas redes sociais. “Estou muito honrado e maravilhado com tudo isso que está acontecendo. Liderar a lista dos 30 brasileiros mais ouvidos no mundo com tanta gente boa, talentosa e tantos ídolos é incrível demais!”, agradece Alok, que acaba de receber o Prêmio Jovem Brasileiro como “Melhor Show” de 2017.

Em ascensão internacional, Alok ganhou recentemente Disco de Platina Duplo na Itália e Disco de Ouro na França pelo hit “Hear Me Now”, além de Disco de Platina no Brasil com seu outro sucesso, “Never Let Me Go”, músicas em parceria com Zeeba e Bruno Martini.

Foi especulada também uma suposta ‘aproximação’ entre o bonitão e Sasha Meneghel durante o casamento de Marina Ruy Barbosa e Xandinho Negrão – tudo negado, claro.


Enviado por: Redação
Página 1 de 212