09/10/2017 - 20:00

Alta Ajuda, por Anna Sharp: a cultura do pecado

coluna-anna-sharp

A nossa cultura tem uma base biológica anterior à filosofia: o animal/homem vivia em terras frias e hostis no Norte, que exigiam muito esforço em prol da sobrevivência. Seus deuses eram exigentes e rígidos, com leis baseadas em princípios de escassez, numa projeção do que o próprio homem era obrigado a viver, desenvolvendo a força para domar a natureza.

Ou vivia nas terras quentes e ensolaradas do Sul, as ilhas do Pacífico, que eram consideradas paraísos de liberdade e de prazer, onde reinavam os deuses da alegria e da abundância, mas que foram contaminadas com a chegada dos missionários do Norte. Instalou-se, então, pela força, a cultura do pecado, da culpa e do julgamento. Nessa cultura, com base na crença da escassez, só a criança tem liberdade para usufruir do prazer e, assim mesmo, apenas até a chegada da sexualidade… Daí em diante o prazer também é proibido.

Por incrível que pareça, o medo do prazer tem a ver com a “vaidade” cultural, uma verdadeira ode à tragédia, ao sacrifício e à melancolia. Nossos valores são os do deus castigador que ainda cultuamos e que se alimenta do sacrifício do sofrimento e da dor… Condicionamo-nos ao antiprazer; apenas nos é permitido o prazer da renúncia, apoiado pela vaidade de sermos fortes e capazes de sacrifícios tão grandes. É a unica maneira de mostrarmos como somos bons e, consequentemente, sermos aceitos.

Até os dias de hoje, ainda não conseguimos a reversão do sofrimento para o prazer, visto sempre como pecado. O correto para esse sistema cultural é matar-se de trabalhar por 11 meses e ter direito a apenas 1 mês de férias, normalmente mal aproveitado pela sabotagem que a culpa de “se dar prazer” acarreta. É aposentar-se depois de anos de trabalho frutífero e, em lugar do respeito à experiência, ser marginalizado com desprezo pela idade; é a pressão social em que vivemos – em meio a tanta doença e miséria provocadas pelo acúmulo dos “pecadores”, e não pela ignorância incentivada pelo poder, que gera a “culpa do prazer”, formando-se uma ideia coletiva de que alegria e abundância são pecados inadmissíveis neste mundo. Aquele que ousa ter dinheiro, felicidade ou sucesso torna-se imediatamente alvo de críticas, difamações e invalidações de toda ordem. É a necessidade de derrubar e sacrificar os que contrariam o sistema, para, mais uma vez, provar que é impossível ser feliz!

A fábula da cigarra e da formiga retrata perfeitamente “a culpa de ser feliz”. A cigarra alegre é castigada porque canta no verão, enquanto a sisuda formiga, que trabalha sem prazer, é a contemplada… Condenamos o outro na ilusão de conseguirmos a liberdade, sem perceber que nos oprimimos ao invés de libertarmo-nos. É preciso um tempo; tempo para ver e questionar todas as “crenças, superstições e projeções”, inoculadas em nossos neurônios por gerações e gerações de visão distorcida, fruto da ignorância em que vivíamos.

tarja.annasharp


Enviado por: Redação
09/10/2017 - 18:40

Ingrid Guimarães vai apresentar leilão da BrazilFoundation

Ingrid Guimarães - atriz vai comandar leilão da BrazilFoundation em novembro

Ingrid Guimarães – atriz vai comandar leilão da BrazilFoundation em novembro

Ingrid Guimarães está de férias nos Estados Unidos, depois do sucesso como Elvira, de “Novo Mundo”, mas já tem compromisso para o dia 29 de novembro: comandar o leilão do quarto jantar de gala da BrazilFoundation, em São Paulo, na Casa Fasano. Pode-se esperar muita risada da seleta plateia que arremata objetos para ajudar a ONG.

A atriz Sophie Charlotte vai ser a mestre de cerimônias. Em setembro deste ano, a ONG comemorou 15 anos num megaevento em Nova York, com mais ou menos 470 convidados; na ocasião, a atriz Fiorella Mattheis apresentou o leilão beneficente que arrecadou US$450 mil dólares, cerca de R$1.4 milhão. Com patrocínio da grife Chanel, o tema da festa paulistana vai ser educação. Os convites custam de R$ 3 mil a R$ 45 mil (mesa para 10).

A BrazilFoundation arrecada recursos para ideias e ações que mudam a vida de muitos brasileiros. Em 16 anos, a Fundação já levantou mais de US$ 35 milhões que foram investidos em iniciativas sociais nas áreas de Educação, Saúde, Cultura, Desenvolvimento Socioeconômico e Direitos Humanos. Os recursos permitiram à BrazilFoundation identificar, financiar e monitorar mais de 500 projetos sociais em 26 estados brasileiros, beneficiando milhares de pessoas.


Enviado por: Redação
09/10/2017 - 17:30

Restaurante Mee, no Copa, festa com música eletrônica

ricardo-salim01

Ricardo Salim: empresário fez parceria com o Mee, no Copa, para festa de música eletrônica / Foto: arquivo Site Lu Lacerda

O empresário Ricardo Salim é mestre em trazer ‘turismo qualificado’ para as areias cariocas. Através da Underdogs, sua curadoria de DJs com o sócio Rodrigo Morgado, Salim fez parceria com o restaurante asiático Mee, no Copacabana Palace, e vai sacudir as estruturas do hotel nesta quarta-feira (11), véspera de feriado, para todo mundo poder curtir a ressaca sem culpas. Antes de abrir a pista, vai ter jantar sob o comando do chef Kazuo Harada. “A ideia foi mesclar comida de qualidade e uma festa com música eletrônica de qualidade em seguida. Nesta edição, teremos apenas 200 convidados. Vem muita gente de São Paulo e Curitiba”, avisa ele.


Enviado por: Lu Lacerda
09/10/2017 - 16:01

O ator Caco Ciocler lança nesta segunda (09/10), às 19h30 na Travessa de Ipanema, o livro “Zeide: a travessia de um judeu entre nações e gerações”, pela editora Planeta.


Enviado por: Marcia Bahia
09/10/2017 - 15:40

A Mostra VRRealidade Virtual do Festival do Rio, começa nesta quinta-feira (12/10), no Centro Cultural Justiça Federal, na Cinelândia. Vão ser cinco filmes e um jogo com temas abordando ficção e tecnologia.


Enviado por: Redação
09/10/2017 - 15:15

Antonio Quinet: psicanalista lança livros na Europa

2017-10-08-photo-00000011

Na foto, os psicanalistas Antonio Quinet e Darian Leader, que acabam de lançar o livro “Lacan’s Clinical Technique”, na Inglaterra / Foto: Divulgação

Antonio Quinet acaba de lançar “Lacan’s Clinical Technique“, na Inglaterra, nesse sábado (07/10), sobre a psicanálise lacaniana. Esse livro em inglês é uma edição ampliada do best seller de Quinet no Brasil, que já vendeu mais de 30 mil exemplares.

O psicanalista foi convidado para lançar a publicação no CFAR, Centro de psicanálise em Londres pelo psicanalista inglês Darian Leader, que escreveu o prefácio. “É o reconhecimento de minha transmissão da psicanálise à qual dedico minha vida: na clínica, nas aulas, nos livros e nas peças de teatro. Além do mais, há um reconhecimento internacional cada vez maior da excelência da psicanálise brasileira”.

Leader, que escreve no The Guardian e tem vários livros publicados (alguns traduzidos no Brasil), elogia o livro, dizendo que “Antonio Quinet introduz os elementos essenciais da clínica lacaniana sem esforço algum, com muito humor, clareza e facilidade”. Depois de Londres, Quinet segue para Paris a fim de lançar “La cité et ses maîtres fous” (Editions Stilus), no próximo domingo (15/10), na livraria Tchan, em Montparnasse, com foto de um trabalho de Bispo do Rosário na capa.


Enviado por: Redação
09/10/2017 - 14:30

Neymar durante o programa de Tatá deixa escapar que ama a ‘ex’

neymar

Neymar Jr. é o primeiro convidado da nova temporada do Lady Night, programa do Multishow apresentado por Tatá Werneck / Foto: reprodução do Instagram

Tatá Werneck anda impossível e quase entediada com tantos elogios. Neymar é o primeiro convidado da estreia da segunda temporada do Lady Night, esta noite (09/10), no canal Multishow. Só ela para tirar informações inimagináveis dos seus convidados – o craque, no caso, confessou que ainda amava a ex (ele gravou o programa quando estava recém-separado de Bruna Marquezine). Na época, Tatá usou as redes sociais para agradecer Neymar: “Obrigada pela simpatia, generosidade, disponibilidade e dinheiro. Todos felizes! Saíram notícias de que ele havia feito exigências, mas não fez nenhuma sequer. Nem água pediu. Pelo contrário, eu que peguei as frutas que colocaram para ele e levei pra casa”. Os ex se reencontraram nesse sábado (07/10), durante o casamento de Marina Ruy Barbosa e Xandinho Negrão, trocaram sussurros ao pé do ouvido e rolou até beijo tipo chupão. Voltando à ‘Lady’, o segundo episódio da temporada é com Cauã Reymond – a apresentadora, nada boba, o escalou para o quadro ’17 Beijos Técnicos’.

No programa, ainda vai ter Daniela Mercury rolando no chão, entre outros convidados, como Carolina Dieckmann, Caio Castro, Cleo Pires, Pablo Vittar, Gloria Maria, Gretchen, Ingrid Guimarães, Luan Santana, Maisa Silva e Marina Ruy Barbosa.


Enviado por: Redação
09/10/2017 - 14:21

O Museu do Amanhã, no Centro, está com uma programação intensa para comemorar o Dia das Crianças, de quinta a domingo (12 a 15/10). Os pequenos vão ter acesso a exposições, brincadeiras, jogos, clube da leitura e a muita diversão. Programação no site https://museudoamanha.org.br/pt-br/programacao-especial-dia-das-criancas.


Enviado por: Redação
09/10/2017 - 13:13

Galeria Novocais: Zona Portuária recebe espaço cultural

ana-borelli-ricardo-nauemberg-e-roberta-leite

a-pianista-maria-teresa-madeira-1

No alto, a curadora Ana Borelli, Ricardo Nauenberg e Roberta Leite; nesta, a pianista Maria Teresa Madeira / Fotos: Marco Rodrigues

Os cariocas ganharam um presente cultural nesse fim de semana. Com a vista linda da Zona Portuária, a Galeria Novocais foi inaugurada, no prédio da Odebrecht, nesse domingo (08/10), com muitos adoradores da arte e ao som da premiada pianista Maria Teresa Madeira, especialista na obra de Ernesto Nazareth. O espaço, com 312m² e dois andares, apresenta a mostra permanente “Porto Cidade – a memória do lugar”, um recorte da história do Rio, na Zona Portuária, de 1800 a 1980. A exposição exibe uma retrospectiva histórica sobre a região, e suas transformações urbanas, com mais de 600 imagens de diversos acervos. A entrada da mostra é gratuita.


Enviado por: Redação
09/10/2017 - 12:00

Festival do Rio no fim de semana

Foto de:

O programa principal do fim de semana para os cariocas foi o…..cinema, “tipo” ficar desorientado (que maravilha!), sem saber qual filme escolher nesta 19ª edição do Festival do Rio. Entre os longas apresentados, estava o documentário “Os Magníficos”, de Domingos de Oliveira, que reuniu um grupo de atores para falar do processo interno de seus trabalhos. Os atores do longa: Carolina Dieckmann, Eduardo Moscovis, Fernanda Torres, Maria Ribeiro, Mateus Solano, Sophie Charlotte e Wagner Moura (que tal esse time? Nomes em ordem alfabética, tá?). E, ainda, os filmes “Severina”, dirigido por Felipe Hirsch, com roteiro baseado no original do escritor guatemalteco Rodrigo Rey Rosa, que começou a ser produzido durante a criação de “Puzzle“, projeto teatral feito especialmente para a Feira de Livro de Frankfurt (Alemanha), em 2013. Totalmente rodado no Uruguai, o filme tem no elenco os atores Javier Drolas, Carla Quevedo, Alejandro Awada, Alfredo Castro e Daniel Hendler. Sua première mundial aconteceu no Festival de Locarno, na Suíça, em agosto.

Berenice Procura“, com um elenco bem afinado, digamos assim. Os artistas fizeram questão de falar sobre a censura, que parece estar voltando ao País. “Estrear um filme, neste momento, é reafirmar que não vou me calar. Que nós, artistas, não vamos nos calar com essa onda conservadora. Nenhum projeto de poder moralista e perigoso vai nos calar”, disse Cláudia Abreu, protagonista do longa policial, dirigido por Allan Fiterman. Emílio Dantas, bombando como o Rubinho em “A Força do Querer“, também está no elenco, vivendo um ladrão de joias, reforçou o discurso contra o conservadorismo.

Aos Teus Olhos“, de Carolina Jabor, foi outra estreia comentada. Na trama, Daniel Oliveira vive um professor de natação infantil acusado por pais de beijar um aluno no vestiário. Dividindo a tela com ele, está Malu Galli. O Festival do Rio vai até o dia 15 de outubro. Veja fotos na Galeria dessas sessões.


Enviado por: Redação
Página 1 de 212