06/10/2017 - 20:03

O professor de português Ozanir Roberti, autor da coluna “Autocrítica” do jornal O Globo, foi eleito para a Academia Brasileira de Filologia, que reúne os maiores estudiosos do idioma no nosso país, como Evanildo Bechara, Antônio Martins, Manoel Pinto Ribeiro e Amós Coelho. Ozanir tem um canal no YouTube (https://goo.gl/JFidom)


Enviado por: Marcia Bahia
06/10/2017 - 20:01

A Veiga de Almeida está oferecendo uma vaga gratuita para a próxima turma do curso de Pós-Graduação em TV, Cinema e Multiplataformas. O curso, dado pelos professores Giovana Moraes e Pedro Salomão, começa dia 21 no campus Barra. Para concorrer à vaga, o candidato precisa adaptar a poesia “Quadrilha”, de Carlos Drummond de Andrade, para um roteiro de até cinco páginas, e comprovar ganho familiar total menor que R$3 mil. Mais informações no e-mail: roteiro@uva.br.


Enviado por: Marcia Bahia
06/10/2017 - 20:00

Teatro, por Claudia Chaves: ‘Mata teu pai’

image003

O bom e velho Édipo já declarava: para poder viver como adulto, é preciso matar teu pai, casar com a mãe e alcançar o poder. O mito trata mais do que um triângulo amoroso incestuoso. Vai narrar uma história de amor, ódio, atração, separação, e como estabelecer o poder sobre quem nos domina. Medeia mata os filhos para atingir o marido; mata duplamente quem a domina afetuosamente.

“Mata Teu Pai”, de Grace Passô, foi escrita especialmente para a atriz Debora Lamm. Revira por todas as entranhas o discurso da mulher que é filha, companheira, mãe e que luta sempre com a submissão. A direção de Inez Viana coloca a personagem principal questionando valores que dizem ser atuais, mas estão aí desde sempre. Preconceito, o papel da mulher ainda merece muito o que discutir.

“Medeia é uma protagonista feminina que desafia o amor romântico. Na tragédia de Eurípedes, ela ressignifica o sentimento quando foge com o ser amado, o que fará dela uma estrangeira. Mata o irmão e, mais adiante, mata seus próprios filhos que tem com Jasão ao se ver traída por ele. A Medeia de “Mata Teu Pai” leva consigo o discurso e angústias do mundo atual. Dar voz a uma personagem milenar será sempre um desafio”, comenta Debora Lamm.

Com um coro formado pelas AsMeninasDaGamboa, um grupo de 10 mulheres com mais de 60 anos, moradoras da região da Gamboa, que formam um coro, que dialoga com Medeia. Débora tem uma força na apresentação, na interação, uma mater dolorosa, uma filha órfã e uma amante abandonada. Todos os estágios que ainda fazem das mulheres essa força vital.

Serviço:
Teatro Poeira
De Quintas a Sábados às 21 horas
Domingos às 19 horas

tarja-claudiachaves


Enviado por: Redação
06/10/2017 - 19:03

Durante este mês, a Osteria Dell’Angolo, em Ipanema, oferece, no menu, um festival de risoto, com uma taça de vinho italiano de cortesia. O risoto é um prato típico da Lombardia, no Norte da Itália.

Enviado por: Marcia Bahia
06/10/2017 - 19:01

A artista visual Myriam Glatt abre este sábado (07/10), no Centro Cultural Correios, às 16h, a exposição “descartes”, sua quinta individual em dois anos. Seus trabalhos vão ocupar três salas do segundo andar, a primeira com peças em papel, a segunda com pinturas e a, terceira, com vídeo e fotos. Vai até 2 de novembro.


Enviado por: Marcia Bahia
06/10/2017 - 19:00

Programe-se: agenda para o fim de semana

agendinha

E o protesto contra Marcelo Crivella na abertura do Festival do Rio? Melhor protesto contra o prefeito seria colocar alguém pelado tentando abraçá-lo. (Isso, se conseguir achá-lo, claro). Ou um cartaz com a palavra xoxota (a preferida de Jorge Amado), perderia o rumo de casa. Já imaginou? 

Nesta sexta-feira (06/10), o Downtown, na Barra, recebe Dario Aaron para um show cover do Renato Russo. A quarta edição do evento, a partir das 18h, conta também com tributo a Bob Marley, neste sábado (07/10) – tudo com entrada gratuita.  

Curso para aprender a fazer sua própria cerveja: neste sábado (07/10), das 9h às 18h, o sommelier e especialista em cervejas Adrian Caetano Cardoso comanda o “Produção de cerveja artesanal”, no Dom Helio Beer House, na Barra, sob coordenação do cervejeiro Rodolfo Ramires.Inscrições até esta sexta-feira (06/10), pelo telefone: (21) 999388123.

Pra quem quer fugir do Rio, uma opção: a 14ª edição do MIMO Festival, no Centro Histórico de Paraty, neste fim de semana,mais feminista que nunca. Nesta sexta-feira (06/10), as Bahias e a Cozinha Mineira e Liniker. No sábado (07/10), a inglesa Alani, além de Baby do Brasil. No domingo (08/10), Iza e a portuguesa Teresa Salgueiro assumem o palco. O evento é totalmente gratuito.

Dica gastronômica para o fim de semana: a 5ª edição do evento Temporada Gourmet começa neste domingo (08/10), no Shopping Tijuca. No evento, os vencedores do programa Masterchef 2016 (Leo Young, Dayse Paparoto e Lorenzo Ravioli) vão dar aulas de culinária e oferecer degustações. Programação no site https://www.facebook.com/events/369692536794106/. A participação é gratuita.

Se você está pensando pequeno e quer a Mega-Sena sem ser acumulada, jogou, filha? Sem tentar, não se chega a lugar nenhum.  

Raquel Potí, atriz, educadora, acrobata e artesã, conhecida pela beleza e energia desfilando nos blocos de carnaval com pernas de pau, vai ensinar essa arte aos interessados. Neste sábado (07/10), nos jardins do MAM, em parceria com o bloco da Terreirada Cearense – projeto do cantor e compositor Geraldo Junior – a artista comanda uma aula das 14h às 16h.  As vagas são limitadas e as inscrições são feitas pelo telefone (21) 995326609 ou pelo email oficinas.raquelpoti@gmail.com.

Você, que adora Chico Buarque vai poder vê-lo em show, lançamento de “Caravanas”, mas só de 4 a 21 de janeiro de 2018, no Vivo Rio. Até lá, pode se inspirar com os CDs, pra fazer loucuras pequenas ou grandes.

O Hotel Emiliano, na Avenida Atlântica, criou o Ritual da Lua Cheia com 15 minutos de sauna, 60 minutos de massagem e, ainda, banho aromático revigorante. Depois, jantar na cobertura, com uma vista inacreditável! Custa R$ 566. Reservar quartos para o fim de semana não deixa de ser surpreendente, mas aí, fora dessa conta.  

Enquanto isso, um filme incrível do Festival do Rio, italiano, talvez? Depois, pra combinar, um canelone no Spoleto ou o festival de massas no Fasano, depende do seu bolso, claro.

No Rio ninguém morre de tédio, mas se esse for o seu mal, o Festival do Rio está aí com tanto filme  bacana. Mesmo com balas perdidas zunindo por aí, algumas filas para comprar ingressos estão intermináveis, o que só prova que nada deixa o carioca em casa.  

Está se preocupando com bobagens até nos fins de semana? Lembre-se, a situação dos irmãos Wesley e Joesley Batista está bem pior; a situação do Lula nem se fala! Só para citar alguns do “Clube Lava-Jato”, a situação do Geddel, ainda pior.

Ilustração: Edgar Moura


Enviado por: Lu Lacerda
06/10/2017 - 18:07

Jornalismo sobre educação: Prêmio Estácio destaca nove ganhadores

8x7a5539

????????????????????????????????????

No alto, Flavia Yuri Oshima, Claudia Romano e Flávio Canto; acima, o show dos Titãs na Estácio/ Fotos: divulgação

Aconteceu, nessa quinta (05/10), o anúncio dos vencedores da 7ª edição do Prêmio Estácio de Jornalismo, que destacou a produção de matérias sobre o ensino superior. A grande premiada da noite foi Flavia Yuri Oshima, editora da revista Época, entre nove ganhadores com matérias veiculadas na Folha de S. Paulo, TV Globo e BBC. Os mais de 220 convidados ainda tiveram uma ótima surpresa: um show dos Titãs, que tocaram 20 sucessos.


Enviado por: Marcia Bahia
06/10/2017 - 17:38

Zé Hugo Celidônio volta com o Gourmet em novembro

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

José Hugo Celidônio: restaurante Gourmet já virou patrimônio gastronômico dos cariocas/ Foto: reprodução

Grande parte dos cariocas acha difícil viver sem o Gourmet, famoso restaurante de Zé Hugo Celidônio, que já esteve instalado em alguns endereços, como a Rua General Polidoro, em Botafogo, e a Vieira Souto, em Ipanema. Pode marcar na agenda: o chef reinaugura o Gourmet dia 13 de novembro, no Lagoon, com o novo espaço comportando mais ou menos 80 pessoas.


Enviado por: Lu Lacerda
06/10/2017 - 16:16

Vicky Gentil: gentil e talentosa

Foto de:

Vicky Gentil é dessas garotas que não querem saber de dinheiro de pai e mãe – um perfil criativo que parece já ter nascido meio empresária.

Em algumas estadas na Indonésia com o pai, Adolfo Gentil (donos das lojas Estilo Ásia), inspirou-se para desenhar uma coleção de sapatos e fez uma tarde de vendas festiva com DJ e caipirinha na casa da amiga Renata Canoilas (estudante de arquitetura da PUC, com zero apreço por fotos) no Jardim Pernambuco – o condomínio mais exclusivo do Rio, onde minutos antes, o presidente do COI, Carlos Arthur Nuzman, tinha sido preso, acusado de intermediar um esquema de pagamento de propinas para garantir o Rio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

O assunto apareceu, como não? Mas de jeito muito breve. O que as mulheres queriam mesmo era sandálias de couro de cabra – 200 pares foram vendidos entre as amigas da estilista e sua mãe, Paula Magalhães. Vicky já tem três três pontos de vendas para marcas cariocas.  Muitas passaram por lá. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Lu Lacerda
06/10/2017 - 15:21

Festival do Rio: protestos do lado de fora, amor na tela

Foto de:

Quem chegava, nessa quinta (05/10), para a abertura da 19ª edição do Festival do Rio, no Cine Odeon, era recebido por um grupo de protesto, segurando cartazes com frases como “Censura nunca mais” e mais os gritos, já normais para o carioca, de “Fora Temer” e “Fora Crivella”. Mariana Ximenes, apresentadora da noite, levou, inclusive, uma placa para o palco, de onde questionou: “A arte faz parte da nossa identidade como nação, não podemos censurar isso. Vamos regredir?”

Debora Bloch, com a filha Julia Anquier, tirou fotos segurando um dos cartazes. “Estamos vivendo uma fase muito retrógrada e ignorante em relação à arte. O Festival do Rio é um lugar de liberdade e de pensamento muito importante”, disse a atriz.

A diretora do festival Ilda Santiago aproveitou para falar sobre o longa da estreia, o premiado “A Forma da Água”, do mexicano Guillermo Del Toro. “Esse longa fala, antes de tudo, do amor ao diferente. De descobrir a beleza do diferente no outro e o que isso significa”. O filme trata de uma história de amor inusitada entre a zeladora de um laboratório secreto do governo americano, nos anos 60, com uma criatura marinha fantástica, presa no local.

O Festival do Rio conta com mais de 250 filmes exibidos na cidade carioca e em Niterói e, pela primeira vez, vai premiar o vencedor, em parceria com a Petrobras, com uma verba de distribuição. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Marcia Bahia
Página 1 de 212