01/08/2017 - 20:00

Em Casa, por Manu e Marcia Müller: balançar

balanco-1

balanco-222

O que dá autenticidade e charme a uma casa é seu uso lúdico, até porque ela deve colocar você em contato com suas memórias mais agradáveis; afinal, um lar é uma forma arquitetônica de memórias. Quem, na vida, não teve bons momentos em um balanço? E quem disse que balançar é só para crianças? Quem disse que lugar de balanço é na praça ou no jardim?

Estar suspenso nos dá uma sensação de leveza e bem-estar; balançar nos embala e nos relaxa. Há quem prefira uma sensação mais sólida, mas a maioria associa o balançar a sensações agradáveis. Usar um balanço em casa deixou de ser inovador, pois muitos designers optam por pendurar suas cadeiras superconfortáveis.

Como, e se podemos pendurá-la, é uma outra coisa. A cadeira de balanço deve ser pendurada diretamente na laje e, algumas vezes, com reforço até mesmo na própria laje. Como saber isso? Chame seu arquiteto e pergunte se sua laje é resistente ao peso da cadeira mais uma pessoa sentada.

Se não for, é necessário um reforço na laje, e isso se faz com alguma estrutura a mais no suporte fixador da cadeira no teto. Ter um balanço na sua sala não significa correr um risco criativo, mas sim uma ideia a mais de bem-estar, jovem e muito alegre.

Nossa casa é um organismo vivo, moldando-se e aperfeiçoando-se sempre para nos agradar, e a você, claro, principalmente! Aproveite as “poltronas suspensas” – elas realmente são muito mais leves e originais!

Desfrute ótimas tardes no seu balanço particular…

picmonkey-collage2

picmonkey-collage

balanco-2222

tarja-marcia-e-manu-muller-2017


Enviado por: Redação
01/08/2017 - 19:30

Maria Klabin: nova exposição na Silvia Cintra

maria

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Maria Klabin, no alto: a artista plástica inaugura nova exposição na galeria Silvia Cintra+Box 4, na Gávea, com seis telas a óleo inspiradas em paisagens da Ilha Grande; acima, um dos trabalhos / Fotos: Divulgação e Murillo Tinoco (acervo do site Lu Lacerda)

Maria Klabin inaugura “Entre Rio e Pedra”, nova mostra de pinturas, dia 10 de agosto, na galeria Silvia Cintra + Box 4, na Gávea, o que marca a volta da artista às telas de grandes formatos – todas inspiradas em paisagens da Ilha Grande, litoral do Rio. Essa série tem uma importância também afetuosa para Maria por ser o lugar onde passou grande parte da sua infância. O resultado são cenas que transitam entre a realidade e o sonho. A pintora, carioca, graduou-se, em 1999, em Pintura e História da Arte na Brandeis University, Estados Unidos, onde ganhou o “Susan May Green Award for Painting”. Três anos mais tarde, em 2002, concluiu mestrado na Central Saint Martin, em Londres. Desde 2003, é representada pela mesma galeria.


Enviado por: Lu Lacerda
01/08/2017 - 17:50

Silvero Pereira, de ‘A força do querer’, é convidado do ‘Divinas Divas’

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A atriz e cantora Jane Di Castro, à esquerda, e Silvero Pereira, que faz o papel do motorista Nonato e de Elis Miranda na novela “A força do querer”: juntos na sexta (03/08), no Teatro Rival / Fotos: reprodução

Depois de quase dois anos sem uma única apresentação, o espetáculo “Divinas Divas” volta, nesta sexta, ao Teatro Rival, para uma apresentação única, com um convidado especial. No palco, ao lado de Jane Di Castro, Divina Valéria, Eloína dos Leopardos e Camille K, o ator Silvero Pereira, da novela “A força do querer”, também vai mostrar que sabe fazer um bom show de transformismo. “Ele canta muito bem, é um artista completo”, diz Jane, que nesta quarta (02/08) vai voltar a aparecer na novela, justamente num dueto com Silvero.

O show é para festejar o sucesso do filme de mesmo nome, dirigido por Leandra Leal, que já foi visto por mais de 30 mil pessoas. Rogéria, que também faz parte do grupo, será citada pelas colegas: ela ainda está se restabelecendo em casa, fazendo fisioterapia, das duas semanas que ficou internada numa clínica em Laranjeiras, com pneumonia e infecção urinária.


Enviado por: Marcia Bahia
01/08/2017 - 16:30

Pedro Benoliel e a “feijoada-conceito”. Que tal?

foto-pedro-benoliel

Pedro Benoliel: chef carioca vai lançar seu novo projeto “Feiju do Benola”, no Rio Gastronomia, que acontece a partir desta sexta (04/08) / Foto: Divulgação

Pedro Benoliel lança, no Rio Gastronomia, que acontece entre 4 e 13 de agosto, seu mais novo e gostoso projeto, o Feiju do Benola, uma feijoada-conceito (a partir de agora existe) que virou evento. Assinando a programação dos sábados do maior festival gastronômico do Rio, o DJ Nepal vai assumir o comando da festa.

Nos dias de evento, a Feiju do Benola estará entre o Armazém 03 e 04, com um cardápio incrível, puxado peja feijoada desconstruída, que, apesar de conter elementos do prato tradicional, incluirá, por exemplo, um Feiju Burger, com hambúrger de carne-seca ou vinagrete de feijão e paio crocante, além dos pratos desenvolvidos especialmente para o Rio Gastronomia: Jabá com Jerimum e o Bourgunhão, onde a carne é cozida no feijão. Esse Benoniel é de uma criatividade ilimitada! É ou não é?


Enviado por: Lu Lacerda
01/08/2017 - 16:05

‘Relaxa que é sexo’: Wolf Maya remonta musical irreverente e atual

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Cena do vestiário da peça “Relaxa que é sexo”: ideia do diretor Wolf Maya é que a plateia assista ao espetáculo como se estivesse olhando pelo buraco de uma fechadura / Foto: Eny Miranda

Com o nome do musical agora em português – há 17 anos, quando estreou a montagem, Wolf Maya chamou o espetáculo de “Relax, It’s Sex” – estreia, nesta quinta, no Teatro Nathalia Timberg, na Barra, “Relaxa que é sexo”. Na época, o texto e a direção de Wolf agradaram aos críticos Barbara Heliodora e Sábato Magaldi, tidos como os mais respeitados. “Revendo o texto, vejo como é atual e espontâneo. Como hoje em dia ainda é delicado falar sobre sexo e essa peça trata isso com irreverência e humor”, conta Wolf.

No palco, 20 atores e cantores vão interpretar diferentes experiências sexuais, que vistas de foram podem ser hilárias. Nesta versão, a direção musical é de Liliane Secco, as coreografias, inspiradas nos musicais da Broadway, são de Andrea Jabor, a cenografia que se transforma durante o musical é de Tadeu Catharino e, os figurinos, de Malu Costa, Larissa Helena Alpino e Fernanda Zacaron.


Enviado por: Marcia Bahia
01/08/2017 - 15:15

Morte de Afranio Cunha: carioca de Copa e cidadão do mundo

afranio-cunha-erick-figueira-de-mello-denise-leao-e-ian-dubugras-_ari-kaye

picmonkey-collage

picmonkey-collage-2jpg

sem-titulo5

No alto, Afranio Cunha, Erick Figueira de Mello, Denise Leão e Ian Dubugras; na segunda foto, João de Orleans e Bragança e Afranio; Andrea Dellal, Afranio e Carolina Gayoso; Lenny Niemeyer e Afranio; Angela Hall, Afranio e Claudio Benchimol; na terceira, Maitê Proença e Afranio; ao lado, Afranio e Camila Jereissati; nesta foto, Afranio entre os filhos Cyran e Taufan / Fotos: arquivo Site Lu Lacerda e Reprodução Instagram

Muitos perfis e gerações amanheceram de luto, na última madrugada, com a morte de Afranio Cunha, carioca de Copacabana e cidadão do mundo. O empresário, dono de uma loja com seu nome no Fashion Mall, era o mais autêntico bon vivant, namorador, sedutor e, sobretudo, alegre, além de dono de uma leveza e astral incríveis.

Há algum tempo, teve câncer no fígado, achou que estivesse curado, mas a doença voltou feroz, com metástase por várias partes do corpo. Desde março, estava em Madri, tentando um tratamento “revolucionário”, palavra usada por ele com o amigo Erick Figueira de Mello, que, a propósito, foi quem decorou sua loja e, em conversas para escolher um nome, o arquiteto falou com firmeza: “A loja vai se chamar Afrânio, é óbvio”. Ao ver o letreiro na porta, ele ficou amarradão e brincou: “Com o nome desse tamanho eu vou pegar todas as mulheres do shopping”. Não deu tempo para tanto.

Por anos, Afranio manteve um depósito no Joá, por onde passaram os maiores arquitetos do Rio. Em outra época da vida, ele levava biquínis brasileiros para vender na França, e vendia muito bem, mas, depois que Caroline de Mônaco apareceu na Paris Match usando um dos modelos, aí passou a vender um absurdo.

Em junho, a última vez que falou com Erick, disse: “Só não quero voltar pro Brasil numa caixa de madeira, por melhor que seja a madeira”, numa certa ironia já que desenhava móveis fantásticos.

Amizades daquelas com que se pode contar é coisa rara para muitos, menos pro Afranio, talvez a maior conquista de sua vida, dentre eles, Beto Sicupira, Hugo e Camila Jereissati (ela foi sua namorada), Andrea Dellal, o casal Denise Leão e Ian Dubugras, Vera Santo Domingo e Antonio Dias Leite: amigos-de-rocha. Afranio deixa dois filhos, Cyran e Taufan. Deixa também tristeza e alegria – no primeiro caso, pela morte; no segundo, pelas lembranças.

O corpo deve ser cremado na Espanha.


Enviado por: Lu Lacerda
01/08/2017 - 14:01

No sábado (05/08), às 12h, Helena Trindade abre a individual “Domínio Lacunar”, a convite do Centro Municipal de Artes Helio Oiticica (CMAHO). Com curadoria de Glória Ferreira, a mostra foi pensada e executada especialmente para esse espaço, a partir dos documentos do arquivo do próprio arquivo do CMAHO.

Enviado por: Marcia Bahia
01/08/2017 - 13:26

Família Veloso: Caetano vai fazer show com os três filhos

Caetano Veloso e os filhos Tom, Zeca e Moreno: família reunida em show / Foto: Paula Lavigne

Caetano Veloso e os filhos Tom, Zeca e Moreno: ensaios para show que vai reunir a família já começaram / Foto: Paula Lavigne

Já começaram os ensaios, no apartamento de Paula Lavigne, do show que Caetano Veloso vai fazer com seus três filhos, Tom, Zeca e Moreno. Tom tem a banda Dônica e Moreno também é músico profissional; Zeca foi DJ, toca muito bem violão mas é o mais tímido e era quem estava resistindo à ideia. Agora não está mais, e, depois do Rio, o show vai seguir para outras capitais.


Enviado por: Marcia Bahia
01/08/2017 - 13:04

Vai ser no próximo fim de semana (05 e 06/08), no Lagoon, na Lagoa, a 2ª edição do Circuito Vegano e Orgânico, com mais de 50 empreendedores e atividades como meditação com o pessoal do Arte de Viver, oficina de horta, de bonsai, contação de histórias e yoga para crianças e campanha de arrecadação de alimentos para o Solar Meninos de Luz.


Enviado por: Marcia Bahia
01/08/2017 - 13:02

Nesta terça-feira (01/08), às 18h, a dermatologista Juliana Piquet faz evento em parceria com o cabeleireiro Felipe Freitas para falar sobre os principais cuidados com a pele no inverno e novidades de tratamentos estéticos, no salão dele, em Ipanema. As convidadas vão concorrer a diversos sorteios de tratamentos e produtos.


Enviado por: Marcia Bahia
Página 1 de 212