13/07/2017 - 19:00

Humberto Saade x situação financeira: não é exatamente como falam

Humberto Saade: o que falam e o que é sobre a situação financeira de Humberto Saade / Foto: arquivo Site Lu Lacerda

Humberto Saade: o que falam e o que é real sobre a situação financeira do empresário que morreu nessa terça (11/07) / Foto: arquivo Site Lu Lacerda

Desde a morte de Humberto Saade, esta semana, muito se comenta sobre a herança do empresário, que não estaria bem financeiramente e, portanto, estaria abalado com a situação. Humberto, que morava num apartamento confortável na Rua Rodolfo Dantas, em Copacabana, não estava ultimamente numa situação financeira maravilhosa, mas longe de estar vulnerável quanto a dinheiro como alguns andam dizendo. Resta saber quem não tem sido, de alguma maneira, atingido pela crise absurda que toma conta do país! Estava, isso sim, sofrendo de uma anemia profunda, daí que veio a pneumonia – e sempre fumando muito, o que só piorava o quadro.

Saade deixou, por exemplo, um prédio inteiro de dez andares, na Rua Farme de Amoedo, em Ipanema, para as suas duas herdeiras: a filha, Tamima e a sobrinha, Alessandra, filha do seu irmão, Miguel Saade.

Pouco antes da sua morte estava negociando a venda do imóvel. E como diz uma pessoa da família: “Humberto sempre gastou muito com mulheres, praticamente distribuía dinheiro pra elas”, se referindo às “horizontalmente-acessíveis” que o empresário adorava. No mais, não faltou nada de importante a esse grande nome da moda, que lançou modelos como Luiza Brunet, Vanessa de Oliveira e Monique Evans. 


Enviado por: Lu Lacerda
13/07/2017 - 18:16

Muita cor e sensualidade: marca de pintora condecorada na França

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Foto: Selmy Yassuda

Bel Roberts já levou sua pintura cheia de cores e paixão a exposições em Nova York, Texas, Boston, Los Angeles, Lisboa, Caracas e Frankfurt /Foto: Selmy Yassuda

Bel Roberts trabalhou para a Petrobras por 13 anos, mas sempre manteve a pintura em paralelo. Autodidata a maior parte de sua carreira, foi condecorada com a medalha de prata da Société Academique des Arts, Sciences et Lettres, em Paris, e entrou para a Academia Brasileira de Belas Artes há quatro anos.

Nesta quinta (13/07), ela abre a individual “Uma forte presença”, na Galeria M.D GOTILB, no Cassino Atlântico. Diz o curador Carlomagno: “Isabel traduz em alma o corpo humano, muitas vezes retratado como alucinante paixão narcisista, pecaminosa, reflexiva, ilusão e sedução”. A exposição fica em cartaz até 5 de agosto.


Enviado por: Marcia Bahia
13/07/2017 - 17:17

Dom Orani: também levando atualidades ao discurso

pj134-d-orani-tempesta-monica-clark

Dom Orani: “a comunicação é muito importante para valorizar aquilo que leva a pessoa a crescer e a fazer o bem”, disse o Arcebispo do Rio na abertura de um congresso nesta quinta / Foto: arquivo site Lu Lacerda (Paulo Jabur)

Foi-se o tempo em que os padres rezavam missas com base apenas na Bíblia. Já publicamos aqui sobre o padre Jorjão, da Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, e do José Maria Ramirez, da Rua Embaixador Carlos Taylor, na Gávea, que costumam falar de assuntos e aflições da cidade. Nesta quinta-feira (13/07), durante a abertura do Congresso Internacional de Ecologia e Grandes Cidades, no auditório do Edifício João Paulo II, na Glória, o Arcebispo do Rio, cardeal dom Orani Tempesta, também falou sobre a violência na vida dos cariocas: “Uma mentalidade doente que não respeita a vida e o outro”. E seguiu: “Creio que a Igreja pode contribuir com a conscientização. Nesse aspecto, a comunicação é muito importante para valorizar aquilo que leva a pessoa a crescer e a fazer o bem”, disse.


Enviado por: Lu Lacerda
13/07/2017 - 16:45

CasaShopping: horário de graça com arquitetos e decoradores

Marise Kessel: arquiteta participa da promoção do CasaShopping que oferece consultas de graça com profissionais experientes / Foto: divulgação

Marise Kessel: arquiteta participa da promoção do CasaShopping que oferece consultas de graça com profissionais experientes / Foto: divulgação

Durante o período de liquidação que vai até 30 de julho, o CasaShopping, na Barra, oferece uma consulta de duas horas com arquitetos e decoradores, para resolver questões pontuais e dúvidas sobre assuntos ligados a qualquer coisa da área, como aproveitar melhor seus espaços, que móvel trocar, o que fica bem no espaço tal etc, por exemplo Marise Kessel, experiente com os mais diferentes perfis. Quem quiser escolhe um horário vago no site casashopping.com até o dia 29 de julho. Essas são as condições:

1 – Para participar, o cliente deverá se inscrever no site ou no SAC do CasaShopping, preenchendo um cadastro.
2 – Depois do cadastramento, o SAC vai entrar em contato, em até 3 dias, por telefone, enviando e-mail de confirmação do horário disponível.
3 – Os 100 primeiros clientes inscritos vão ter a oportunidade de compartilhar dicas e ideias de arquitetura e decoração.
4 Os horários são os seguintes: 2ª-feira a sábado, das 10h às 12h; das 15h às 17h; das 17h às 19h e das 19h às 21h


Enviado por: Redação
13/07/2017 - 16:02

Bailarinos da Baixada: falta dinheiro para a viagem até Joinville

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Os bailarinos do projeto Arte com Visão já conseguiram o mais difícil: passar na seleção do festival de dança de Joinville – agora falta dinheiro para a viagem até Santa Catarina / Foto: divulgação

Já está em cima da hora, mas não custa tentar: 11 crianças, bailarinos do projeto Arte com Visão, da Baixada Fluminense, teriam que viajar, segunda (17/07), para participar do maior festival de dança do país, o de Joinville, mas estão sem dinheiro para o ônibus – para hospedagem, eles já conseguiram recursos com a organização de bazares e festas. Faltam mais de R$ 12 mil dos R$ 14,5 mil cobrados por uma empresa de ônibus para levar os jovens e a equipe para a competição em Santa Catarina.

Bianca Carvalho, presidente do Instituto Mundo Novo, ONG que oferece o curso de balé, já havia desistido, mas sugeriram que ela fizesse um financiamento coletivo na internet – e é nele que ela ainda tem esperanças. As crianças, que moram na favela da Chatuba, em Mesquita, vêm se dedicando há meses: “Apresentamos coreografias, passamos por seleções, mandamos vídeos, a preparação começou no ano passado”, conta.

O grupo já se apresentou outras vezes em Joinville – ano passado, tiveram o apoio do SESI Cidadania. Quem puder colaborar, o link do financiamento é  www.vakinha.com.br/vaquinha/salve-a-ida-do-projeto-arte-com-visao-para-joinville. Doações através do PayPal, podem ser feitas no link: goo.gl/3HeTxV.


Enviado por: Marcia Bahia
13/07/2017 - 15:15

Luciana Fróes e Renata Monti: “Tô Frito”, mas de prazer

Foto de:

Um clima ótimo tomou conta da Livraria Argumento no Leblon, na noite de quarta-feira (12/06), quando as jornalistas Luciana Fróes, crítica de gastronomia de O Globo, e Renata Monti, ao lado do ilustrador Paulo Vilella, lançaram o livro “Tô Frito” (editora Rocco). A fila chegou à Dias Ferreira, mas não desanimou o público.

Comidinhas de deleitar qualquer um, do bufê 3nacozinha (das chefs Anna Elisa Castro e Maria Fernanda), pra combinar bem com os “chefs talentos” entrevistados para o livro. As autoras escolheram os vinhos Dal Pizzol para o brinde. E o Pi Kombucha Tropical matou a sede de quem estava no burburinho na calçada.

À mesa, Vilella perguntava com bom humor: porco, peixe ou frango? Para, em seguida, fazer ilustrações personalizadas nos livros. Os vegetarianos (sempre muito saudável, mas para muitos é um tédio) ganhavam o desenho de uma jaca, substituindo as carnes.

O livro conta histórias de 20 chefs, erros que se transformaram em acertos da cozinha ao salão. O francês Claude Troisgros, que tem uma das melhores histórias ali contadas (mas só comprando o livro pra ler), esteve lá, e muitos que já conheciam o texto, riram com ele. Kátia Barbosa, Pedro de Artagão, Flavia Quaresma, ou seja, só categoria master, relembravam suas histórias. E, ainda, o não menos conhecido Onildo Rocha, vindo de João Pessoa pegar o seu autógrafo. Nesse clima comer-é-o-segundo-prazer-desta-vida, elas autografaram muitos exemplares. Veja umas poucas fotos dos muitos que passaram por lá.


Enviado por: Lu Lacerda
13/07/2017 - 13:38

Restaurante recém-inaugurado no Jardim Botânico: vizinhos protestam

grado-1

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A fachada do restaurante Grado, que abriu em zona residencial do Jardim Botânico; acima, os equipamentos de refrigeração e exaustão instalados no telhado / Foto: do leitor

Os moradores da rua Visconde de Carandaí, no Jardim Botânico, prometem protesto para este sábado (15/07), em frente ao restaurante Grado, que o chef Nello Garaventa abriu há uma semana no número 31. Eles alegam que, desde então, não têm mais sossego: a casa funciona até mais de 1h da manhã, com mesas na varanda aberta, gerando barulho e transtornos variados – inclusive com entrega de carga em horário fora do permitido pela lei.

Segundo os critérios de zoneamento da cidade, a rua fica em Zona Residencial 2, e, portanto, não pode ter restaurantes, a não ser em suas extremidades: caso do Puro e do Venga. Mas os donos conseguiram um alvará.

“Tivemos uma reunião bem acalorada na terça (11/07), com o representante do restaurante, Carlos Saboia, que se manteve irredutível”, disse Heitor Wegmann Jr, presidente da Associação de Moradores e Amigos do Jardim Botânico. “Quem mora numa vila na Pacheco Leão, logo atrás, também está incomodado com o mau cheiro dos exaustores, que apontam para lá”, acrescenta Heitor.

Empresária vizinha à casa diz que suas paredes tremem com os equipamentos do Grado. Além de tudo, a casa está em Área de Proteção do Ambiente Cultural (APAC) do Jardim Botânico, sendo necessário licenciamento junto à Prefeitura para qualquer modificação na arquitetura, o que, também, não foi feito. Se não conseguirem a retirada das mesas ao ar livre e a instalação de um vidro de proteção acústica na varanda, os moradores vão se mobilizar pela revogação do alvará do restaurante italiano.

O site não conseguiu falar com os responsáveis pelo restaurante. O espaço está aberto para a réplica.


Enviado por: Marcia Bahia
13/07/2017 - 12:12

Havaianas com novos donos: acabou o boicote nas redes sociais

havaianas

Havaianas: depois da venda da empresa redes sociais “liberam” a compra das sandálias / Foto: reprodução Instagram

Muita gente nem sabia que as Havaianas (amadas em muitos países) eram dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Com a delação premiada da JBS e as vidas dos empresários expostas sob todos os ângulos, virou de conhecimento público. Nem precisaria dizer que, desde então, rolou um certo boicote do público. Com a publicação, esta semana, sobre a colocação à venda da Alpargatas (que fabrica as famosas sandálias), começaram a aparecer, nas redes sociais, mensagens de aviso de que todos já poderiam, em breve, voltar a comprar as Havaianas.

A venda foi concretizada na noite dessa quarta (12/07): a Itaúsa, holding que controla o Banco Itaú, é a compradora, por R$ 3,5 bilhões. A Alpargatas responde, também, pelas marcas Osklen e  Mizuno. O interesse do grupo J&F com a venda da Alpargatas é  conseguir dinheiro para bancar os R$ 10,3 bilhões do acordo de leniência fechado pelos irmãos Batista com a Lava-Jato.


Enviado por: Lu Lacerda
13/07/2017 - 12:01

Começa nesta sexta e vai até domingo (14 a 16/07) o Festival de Inverno da Marina da Glória, com expectativa de receber 40 mil pessoas. Cada dia terá um estilo diferente de música: na sexta, hip hop, no sábado, rock e, domingo, sertanejo. Como atrações do primeiro dia, Black Alien, Gabriel O Pensador, Planet Hemp e Filipe Ret.


Enviado por: Marcia Bahia
13/07/2017 - 11:11

O IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio está com inscrições abertas para os cursos de Formação em Gestão de Entretenimento e Marketing no Esporte, Formação em Empreendedorismo e Inovação, Aperfeiçoamento em Finanças para Não Financistas, Aperfeiçoamento em IFRS para Gestores e MBA em Planejamento Tributário Estratégico. As aulas começam entre os meses de setembro e novembro e as inscrições podem ser feitas online.


Enviado por: Marcia Bahia
Página 1 de 212