09/05/2017 - 19:30

Em Casa, por Marcia Müller: sótão

attic-correcao-00

attic-09

Ainda que muito pouco usado aqui no Brasil, o sótão – aquele espaço entre o telhado e a laje – é um charme e um lugar muito prático em casa. A única preocupação numa casa tropical é deixá-la bem ventilada e com um sistema de refrigeração funcional. A telha esquenta, e o espaço embaixo recebe esse calor intenso; por isso, tanto é necessária uma proteção térmica na telha quanto o uso de uma telha térmica mesmo.

Existem telhas térmicas muito legais e, quando o telhado é inclinado, o madeiramento é um charme a mais. As casas modernas contemporâneas, aquelas que querem ser fiéis a uma imagem do olhar atual, quase não usam o sótão, quase não inclinam o telhado… E o telhado quase nem aparece.

Contudo, o uso desse espaço, com uma inclinação do telhado, tem charme e não está situado em nenhuma tendência ou data. Cria, inclusive, mais um local na casa além de um colchão de ar entre o telhado e o interior da casa – mesmo que esse espaço seja usado.

A nossa casa é um organismo vivo e está continuamente se transformando para nos acolher cada vez melhor. Ter liberdade em desenhar essa casa é fundamental, ainda que ela não esteja dentro do olhar estético atual. Um sótão é um local charmoso e superacolhedor; se vai ser usado, vale a pena inclinar o telhado, pois, bem proporcionado, harmonioso e dentro do volume arquitetônico, fica lindo e é atemporal.

Adoro sótão e mostramos lindos espaços!

attic-00

attic-3

attic-correcao

tarja-marcia-e-manu-muller-2017


Enviado por: Redação
09/05/2017 - 19:05

Nesta quarta (10/05) tem lançamento da coleção Tiffany Hardwear, na loja da grife de joias no Village Mall, às 17h. O rosto da campanha é a cantora Lady Gaga, fotografada por David Sims. Patrícia Brandão e Nina Kauffmann fazem a lista de convidadas.


Enviado por: Marcia Bahia
09/05/2017 - 19:02

Fernanda Torres adere ao protesto dos funcionários do Municipal

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Fernanda Torres: atriz aderiu ao movimento dos funcionários do Theatro Municipal, participando do protesto desta terça na Cinelãndia / Foto: reprodução

Fernanda Torres, atriz de opiniões fortes, aderiu, nesta terça (09/05), à manifestação dos funcionários do Theatro Municipal, que protestaram nas escadarias, com apresentações dos bailarinos, do coro e dos músicos da casa, pelo não pagamento dos salários há dois meses e do 13º.  Fernanda passou o tempo todo transmitindo vídeos para a sua página no Facebook e fazendo, até, entrevistas com o público. Depois, participou, com sua empresária, Carmen Mello, de uma distribuição de sopa a cerca de 60 funcionários, ajudando a servir técnicos, camareiras e produtores do Municipal.

Veja um dos vídeos feitos pela atriz nesta terça-feira (09/05):


Enviado por: Marcia Bahia
09/05/2017 - 18:45

Opinião – para Moro: “Quem demora a se encolerizar é superior ao poderoso”

Sergio Moro: frase para o juiz - "Quem demora a se encolerizar é superior ao poderoso." / Foto: IG

Sergio Moro: frase para o juiz – “Quem demora a se encolerizar é superior ao poderoso.” / Foto: IG

Um dos temores dos brasileiros é que Sergio Moro possa ser reativo às provocações de Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira (10/05), durante o depoimento do ex-presidente, dentro da Operação Lava Jato, em Curitiba. Lula tem se mostrado bem disposto a isso, pelas inúmeras declarações que já deu. Merece ser lembrada ao Moro uma frase do livro “Autobiografia de um iogue”, de Yogananda: “Quem demora a se encolerizar é superior ao poderoso.” Vamos testar até onde pode ir o autocontrole de Sergio Moro em tais condições, sem perder a serenidade. O Tribunal Regional Federal negou, nesta terça-feira (09/05), o pedido da defesa do petista de adiar o depoimento, ou seja, está mantido.


Enviado por: Lu Lacerda
09/05/2017 - 18:01

Marcela Mangabeira faz o show “Sobregal“, nesta terça (09/05), às 20h, no Teatro Café Pequeno. Com direção musical de Ivo Senra, a cantora, que já ganhou elogios de Roberto Menescal a Nelson Motta, revisita músicas do repertório de Gal Costa.


Enviado por: Marcia Bahia
09/05/2017 - 16:52

Aguinaldo Silva lança sua primeira série para a internet

13173207_1123124377748480_5754662005862721800_o

Aguinaldo Silva, no alto, e, acima, os atores Renata Ferraz, Marcelo Pio, Luna Kruschewskyh, Leandro Granville e Felipe Vargens, da série "Os Pobricitários" / Fotos: divulgação

Aguinaldo Silva, no alto, e, acima, os atores Renata Ferraz, Marcelo Pio, Luna Kruschewskyh, Leandro Granville e Felipe Vargens, da série “Os Pobricitários” / Fotos: divulgação

O novelista Aguinaldo Silva lança nesta terça (09/05), em evento numa casa de festas na Barra, a primeira websérie produzida pela Casa Aguinaldo Silva de Artes, “Os Pobricitários – Driblando a falta de verba com muito humor”. O roteiro é de Sergio Virgílio e a direção de Marcelo Feijó, mas o próprio novelista vem se preparando, nos últimos anos, para escrever para o novo gênero. Para isso, já comprou uma casa em São Paulo que vai ser a sede, até o fim do ano, da produção de outras webséries.

“Os Pobricitários”, com dez episódios de até sete minutos, terá seu primeiro capítulo exibido durante a festa e lançado no canal de Aguinaldo no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCo4t2eqjK8R_oPFKS5q_L9w) e no seu site (http://aguinaldosilva.com.br), às 22h. Segundo a sinopse, a história é contada sob o ponto de vista de Roberta, diretora de criação neurótica e deslumbrada, que tem na sua equipe Carlos, o redator gay que só quer a fama; Malu, a atendimento perdida na vida; Figo, o estagiário aspirante a nerd; e Joca, o diretor de arte que almeja uma promoção.


Enviado por: Marcia Bahia
09/05/2017 - 14:30

Japan House SP: show mais intimista, depois de público de 15 mil pessoas

Foto de:

Nessa segunda-feira (08/05) a Japan House São Paulo fez um concerto, no Auditório Ibirapuera, para celebrar o espaço que foi aberto no fim de semana e que, no espetáculo de domingo (07/05), no Parque Ibirapuera, contou com um público de mais de 15 mil pessoas. A presidente da casa, Angela Hirata, recebeu muita gente conhecida, incluindo aí o casal Patricia Kundrat e Fernando Henrique Cardoso. O ex-presidente muito cumprimentado, como sempre.

No palco, o músico japonês Ryuichi Sakamoto fez uma homenagem a Tom Jobim, ao lado de Jaques e Paula Morelenbaum. O novo prédio da Avenida Paulista é do arquiteto japonês Kengo Kuma, que está construindo o Estádio Olímpico de Tóquio para os Jogos de 2020, e a exposição de abertura, “Bambu – Histórias de um Japão“, tem curadoria de Marcello Dantas. A Japan House paulista é a primeira no mundo: Los Angeles e Londres vão ganhar as suas, na sequência.Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Marcia Bahia
09/05/2017 - 13:00

Michelin: nomes que já lhe deram prazer….

Foto de:

O Hotel Unique, em São Paulo, estava cheio de personagens que, certamente, já lhe deram muito prazer e você pode nem saber: os melhores chefs do Brasil – e agregados, na amizade, na cama e na mesa. Foi nessa segunda-feira (08/05), e dois restaurantes cariocas entraram para o grupo de estrelados Michelin. O Oro, do chef Felipe Bronze, e o Laguiole, do empresário Marcelo Torres (que não apareceu). Da edição 2017 do Guia Michelin, contam apenas restaurantes paulistas e cariocas, razão de outros excelentes em outros lugares do País não terem sido premiados.

Ninguém no Brasil tem a cotação máxima de três estrelas. O Dom, do Alex Atala (o chef estava e deve ter dito mais de 100 “Obrigado” na noite, por razões óbvias), tem duas estrelas. Claude Troisgros, conhecido de ponta a ponta depois que começou a fazer TV, também marcou ausência; mas estava bem representado pelo filho Thomas Troisgros, tão apaixonado pelo que faz quanto o pai. É ele quem está à frente do Olympe desde o início do ano. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Lu Lacerda
09/05/2017 - 12:30

Seis perguntas para: Mauricio Rubinstein – câncer de próstata x políticos

mauricio-rubinstein-3

Qual o laço, além da política e de serem citados na Operação Lava Jato, entre o presidente da Alerj Jorge Picciani,  o prefeito do Rio Marcelo Crivella, o prefeito de Manaus Artur Virgílio Neto e o ministro-chefe da Casa Civil Eliseu Padilha? Todos estão com câncer de próstata, uma das doenças que mais atingem os homens brasileiros,  e que, segundo o urologista Mauricio Rubinstein, pode ser agravada ou desencadeada pelo estresse – “privilégio” que não se restringe à classe dos políticos. Membro da Sociedade Brasileira de Urologia, o dr. Mauricio é um dos precursores da cirurgia robótica no Rio, procedimento que ele defende como um dos mais efetivos no combate ao câncer de próstata. Segundo ele, ainda veremos a cirurgia robótica ser feita à distância – um médico num país vai operar o paciente  em outro, através dos comandos acionados para o robô.

Professor doutor em Medicina pela UERJ e Fellow em Laparoscopia Urológica e Cirurgia Robótica na Cleveland Clinic, nos EUA, Rubinstein participa, nesta quarta (09/05), do International Cleveland Clinic Urology Symposium, nos EUA, e, na sexta (12/05), já estará em Boston, para o Congresso Americano de Urologia.

1
O estresse é um dos fatores que contribuem para o câncer de próstata? Em meio à crise política no país, temos quatro políticos, pelo menos, com esse problema – o prefeito do Rio Marcelo Crivella; o de Manaus, Artur Virgílio Neto; o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; e o presidente da ALERJ, Jorge Picciani – pressão e medo podem ser agravantes para a doença?

“O medo sempre acompanhou os homens no que diz respeito ao câncer de próstata. Em função de seu estigma social e de sua associação com a morte, o câncer é a doença que mais provoca medo nas pessoas. No momento de um diagnóstico oncológico, a percepção da finitude da vida torna-se presente e é muito comum que apareçam muitas dúvidas em torno da doença e de seu tratamento. Não há muitos fatores de risco relacionados ao câncer de próstata e isso faz com que a prevenção seja a grande arma no combate à doença”.

2
Segundo pesquisa do Ministério da Saúde e do Inca, pelo menos 26 mil homens terão câncer de próstata no Brasil em 2017. Isso está relacionado ao fato de adiarem os exames e o check-up anual, por exemplo?

“Na realidade, o aumento do diagnóstico de casos de câncer de próstata nos mostra um cenário onde um maior número de pacientes vem buscando a prevenção e, com isso, há um maior número de casos diagnosticados. O lado positivo dessa busca pela prevenção é que a maioria dos casos diagnosticados, cerca de 90%, são iniciais e passíveis de cura. A Sociedade Brasileira de Urologia sugere que todo homem faça a prevenção do câncer de próstata anualmente, depois dos 50 anos. Homens com história familiar da doença devem iniciar sua prevenção aos 45 anos”.

3
A tensão em que os brasileiros estão vivendo, diante das barbáries políticas e a crise econômica, pode afetar a saúde?

“Sim, a tensão política e econômica que os brasileiros estão vivenciando, pode afetar a saúde. Toda e qualquer situação de estresse é capaz de contribuir negativamente para a saúde física e mental. Por isso, é fundamental manter o foco numa rotina de hábitos saudáveis, com alimentação equilibrada e prática regular de exercícios físicos”.

4
O senhor é adepto da cirurgia robótica, ela é o futuro da cirurgia no câncer de próstata? As pessoas ainda veem o robô com reticências?

“A cirurgia robótica não mais é vista como futuro do tratamento do câncer de próstata, e sim, o presente. Cerca de 95% das cirurgias nos EUA para esse tipo de câncer são com o auxílio de um robô. No Brasil, já existem 25 unidades robóticas em seis estados (Rio, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Ceará e Minas Gerais). As unidades, em sua maioria, estão em hospitais privados, porém hospitais públicos de referência como o Inca e o Icesp já contam com essa tecnologia. O número de sistemas robóticos ainda é limitado, fazendo com que as pessoas ainda tenham dificuldade de acesso. Atualmente, as diversas publicações científicas atestam os bons resultados dos procedimentos robóticos, oferecendo à sociedade mais uma opção de tratamento”.

5
Durante muito tempo o câncer de próstata foi tabu para os homens e o exame de toque reforçava esse preconceito. O senhor acha que a postura das pessoas públicas, revelando que estão com a doença, ajuda a conscientizar os homens?

“Com certeza. O fato de as pessoas públicas falarem sobre o seu diagnóstico e tratamento ajuda os homens a entender que a doença pode acometer a qualquer um, e que todos nós devemos nos cuidar e ser submetidos aos exames de prevenção. A Sociedade Brasileira de Urologia, por diversas vezes, conseguiu o apoio de esportistas, atores, pessoas de destaque, que ajudaram a divulgar informações sobre o assunto”.

6
No caso do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, os médicos indicaram a vigilância ativa? Como ela funciona? Quais são os outros tratamentos hoje disponíveis para o câncer de próstata?

“A vigilância ativa é um monitoramento do câncer de próstata por meio de exames periódicos (PSA e biopsia de próstata) e consultas para evitar ou postergar o máximo de tempo possível até um tratamento definitivo (cirurgia ou radioterapia). Estudos internacionais mostram que, atualmente, o método é usado em 20% a 30% dos casos da doença no mundo. Os tratamentos para o câncer de próstata mais utilizados nos dias de hoje são a cirurgia e a radioterapia. Novas modalidades estão surgindo como a terapia focal e novas medicações oncológicas. Essas novas terapias deverão passar por estudos de longo prazo a fim de demonstrar eficácia contra a doença”.


Enviado por: Lu Lacerda
09/05/2017 - 10:02

A apresentadora Ana Furtado, a dermatologista Daniela Alvarenga e a consultora de estilo Carla Coutinho falam, nesta terça (09/05), sobre “Beleza, saúde e cor”, na Louis Vuitton do Village Mall, às 19h30.


Enviado por: Marcia Bahia