10/04/2017 - 20:00

Alta Ajuda, por Anna Sharp: A palavra salta e mata

palavras

Normalmente, sabemos de tudo intelectualmente, mas a ação é inteiramente oposta e irracional. Se encararmos uma relação com a verdadeira fragilidade oculta atrás dos discursos, saberemos alimentá-la constantemente, através de nossos atos e com o cuidado necessário em nossas palavras, normalmente desferidas como punhais mutiladores.

Não nos damos conta de que a palavra é uma arma de enorme poder. Pode construir e destruir com a mesma facilidade; dá a vida e a morte… Quase sempre, a relação está desfeita muito antes de percebermos. A surpresa da constatação – quando já é tarde demais – produz um enorme choque, trazendo cobranças, amarguras e ressentimentos que produzem doenças e, muitas vezes, até a morte.

O pior é que projetamos nossas frustrações numa nova relação (abortada prematuramente, sem percebermos), na ilusão de que “Essa vez, sim, é diferente!”. O que poderia evitar esse desfecho seria a “nossa” mudança de comportamento ao invés de exigirmos a do “outro”.

É comum ouvirmos:

– Estou desiludida(o), os homens (as mulheres) não prestam!
– São todos (as) iguais!
– O amor faz sofrer!
– Tenho medo de me entregar!
– Não confio…

E tantas outras afirmações enganosas.

Uma pseudodefesa inútil, como se fosse possível viver e ser feliz sem amar…!

tarja.annasharp


Enviado por: Redação
10/04/2017 - 18:01

Toia Lemann e Fernanda Elisa lançam mais uma coleção da marca Fe-lis, nesta quarta (19/04), na loja de Ipanema, com exposição dos trabalhos do artista Carlos Contente.


Enviado por: Marcia Bahia
10/04/2017 - 17:14

Morte da fisiculturista Ana Claudia Pires: cirurgião faz alerta sobre o metacril

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Ana Claudia Pires: atleta que morreu durante uma cirurgia para preenchimento das nádegas com metacril foi seis vezes campeã brasileira e 11 vezes campeã carioca de fisiculturismo / Foto: reprodução do Instagram

Embora ainda não estejam claras as circunstâncias da morte da atleta carioca Ana Claudia Pires, no sábado (08/04), a facilidade de aplicação do metacril em todo o país é motivo de preocupação para Volney Pitombo, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Rio. Ana Claudia teria se internado para fazer preenchimento nos glúteos, mas o cirurgião, especialista em nariz, diz que tem atendido a muitos pacientes com metacril no nariz e também nos lábios. “Deveria existir uma campanha pública de esclarecimento, igual a que está sendo feita em relação à febre amarela, sobre essa substância, cujo uso é totalmente contra-indicado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Os benefícios que traz são tão poucos, em relação aos seus efeitos colaterais, que deveria ser proibida pela Anvisa”, diz o cirurgião.

Ainda segundo Pitombo, a reação inflamatória produzida pelo metacril pode ser sentida pelo paciente num período de até dez anos. “O fato de ser mais usado do que o ácido hialurônico (restylane) não é nem por questão de preço, os dois têm o mesmo custo. O metracril ou PMMA (polimetilmetacrilato) é composto de microsferas que aderem ao tecido e fazem um preenchimento permanente, ao passo que o ácido hialurônico é absorvido pelo organismo e o efeito é temporário”, explica o cirurgião. “Mas tenho visto casos desastrosos de inflamação, pessoas sem metade do nariz. O impressionante é que são pacientes de um nível intelectual e financeiro alto”, conclui Volney.


Enviado por: Marcia Bahia
10/04/2017 - 16:00

Lula Vieira: noite de autógrafos durante assalto

unnamed

Lula Vieira e Silvana Gontijo foram assaltados, em casa, na manhã dessa sexta (06/04): os ladrões levaram quase tudo / Foto: divulgação

Lula Vieira, que mora no Cosme Velho, teve um fim de semana inesquecível. Às 2 da manhã dessa sexta-feira (06/04), o publicitário estava deitado, lendo. De repente, vê um revólver apontado para sua testa, com um sujeito encapuzado a gritar: “Fica quieto, não se mexa!” Um outro ameaçava, com uma faca, Silvana Gontijo, sua mulher, que estava deitada ao lado.

“Controlamos o pânico e nos mostramos dispostos a colaborar. Falei onde estavam as minhas coisas, expliquei como era a casa e que estávamos sós. Eles perguntavam pelos dólares, pelo ouro e pelo dinheiro. Ameaçavam nos matar caso a quantia não fosse de seu agrado. Foi ridículo, mas ninguém é muito digno com um revólver na cabeça”, diz Lula, que não perde o humor nem sob ameaças: “Vendi um relógio que ganhei de brinde como uma peça valiosíssima. Silvana tentou valorizar o tapete do quarto como um raro Persa antigo. Foram desmontando tudo e enviando para fora. Vestiram minhas roupas, pegaram bolsas da Silvana, casacos, laptops, celulares, tablets e muitas bobagens, como o controle remoto da Apple TV. Do escritório, levaram televisão e alguns troféus (é meu segundo Leão de Cannes que os ladrões levam!). Seriam publicitários?”, pergunta Lula, com um dos bandidos ameaçando cortar sua mão a cada mentira.

“Garanti ter a lisura de político delatado”, diz ele, que precisou ir à garagem entregar o carro. Mais tarde, os policiais que foram até a casa de Lula descobriram que Silvana é autora de livros para crianças. Comentaram que tinham filhos pequenos. “Silvana fez a mais inusitada noite de autógrafos da história do mercado editorial, oferecendo e autografando livros às 4 da manhã, de robe e no meio de uma casa saqueada. Tudo pela literatura!”.


Enviado por: Lu Lacerda
10/04/2017 - 14:58

“A Tropa”, texto de Gustavo Pinheiro vencedor da etapa carioca da 7ª edição do Concurso de Dramaturgia Seleção Brasil em Cena, volta ao cartaz, dia 27, no Teatro Sesi, no Centro. A peça, que tem no elenco Otávio Augusto, fica um mês no Rio e depois segue para São Paulo.


Enviado por: Marcia Bahia
10/04/2017 - 14:01

A segunda edição do T.T. Convoca vai levar dois convidados, nesta terça (11/04), à loja do Arpoador. Os chefs Erik Nako e Cristiano Lanna, sócios da Prima Bruschetteria e do recém-inaugurado Pabu Izakaya, vão assinar, a partir das 19h, uma versão do hambúrguer Matador de Fome.


Enviado por: Marcia Bahia
10/04/2017 - 13:30

Citação do dia

“Eu não tenho nem redes sociais. Tirar uma foto da minha comida, onde estou, onde vou? Não passa por mim fazer isso. E nem tenho essa coisa de celebridade, isso não faz parte da minha vida”

 

Da atriz Renata Sorrah em entrevista ao site, respondendo a uma pergunta sobre como consegue manter sua privacidade longe da curiosidade pública


Enviado por: Marcia Bahia
10/04/2017 - 13:12

Pré-estreia de ‘Joaquim’, nesta terça: com ator português premiado

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Nuno Lopes: ator português premiado em Veneza estará na pré-estreia de “Joaquim”, nesta terça (11/04), no Espaço Itaú Botafogo / Foto: divulgação

Único filme brasileiro que participou da competição oficial do Festival de Berlim deste ano, “Joaquim”, dirigido por Marcelo Gomes, tem pré-estreia nesta terça (11/04), no Espaço Itaú Botafogo, às 20h30. A história romanceada sobre Tiradentes, que foi interpretado por Julio Machado, o sombrio capataz Clemente de “Velho Chico”, tem um ator português premiado no elenco: Nuno Lopes, ganhador, ano passado, do Prêmo Orizzonti para Melhor Ator no Festival de Cinema de Veneza, no filme “São Jorge”. Ele também foi dirigido por Fanny Ardant no filme “Cadências obstinadas”, que tem outro português mais conhecido do público brasileiro, o Ricardo Pereira. Nuno trabalhou em várias novelas em Portugal e, no Brasil, interpretou o personagem Murruga na novela “Esperança”, de Benedito Ruy Barbosa. Lopes, que veio de Portugal para a pré-estreia no Rio, está, também, no ainda inédito “O Grande Circo Místico”, de Cacá Diegues.


Enviado por: Marcia Bahia
10/04/2017 - 12:29

Deltan Dallagnol e Jorge Pontes: ninguém quis a maçã da corrupção

O delegado Federal Jorge Pontes e o procurador Deltan Dallagnol: ninguém, em Harvard, quis comer a maçã da corrupção

O delegado Federal Jorge Pontes e o procurador Deltan Dallagnol: ninguém, em Harvard, quis comer a maçã da corrupção / Foto: Lilibeth Monteiro de Carvalho

Juntando as opiniões de alguns dos que estavam na plateia, pode ser resumido que foi um bom contraponto à participação da ex-presidente Dilma Rousseff, dizendo que foi vítima de um golpe engendrado pelas “forças antiprogressistas”), na Brazil Conference, em Harvard, Boston. Na sequência, entraram o procurador Deltan Dallagnol e o delegado federal Jorge Pontes, precedendo o juiz Sergio Moro no último dia 8. A maçã na mão de Dallagnol (como mostra a foto) foi para ilustrar seu discurso, que começou dizendo: “Não adianta tirar a maçã podre de um cesto, se não mudar as condições do ambiente que as fazem apodrecerem”. Ninguém quis comer a maçã da corrupção. Pontes falou do crime sistêmico, descortinado pela Operação Lava Jato.


Enviado por: Lu Lacerda
10/04/2017 - 12:02

Jorge Ben: show para público de 2 a 80 anos

Foto de:

Areia no pé e música na cabeça – foi assim, tipo abaixo-o-tédio-do domingão, na praia de Ipanema, o show de Jorge Ben Jor, Skank e Céu, fazendo parte do projeto Nivea Viva Jorge Ben Jor. A partir deste mês, vai passar por várias capitais do Brasil. Muitos levaram a família inteira. O público variou mais ou menos entre 2 e 80 anos…. Veja fotos na Galeria.


Enviado por: Lu Lacerda
Página 1 de 212